CHRYSLER MELHORA EFICIÊNCIA DO MOTOR V8 5.7

Chrysler / Dodge

CHRYSLER MELHORA EFICIÊNCIA DO MOTOR V8 5.7

Chrysler 300C O projeto do motor V8 HEMI da Chrsyler data de mais de 50 anos atrás, tendo início nos primeiros FirePower produzidos nos anos 1950 e culminando na terceira geração de design encontrada na linha atual da marca. Enquanto o futuro dos oito-cilindros ainda está em dúvida, a marca preparou uma série de mudanças para deixar o propulsor mais potente e eficiente, enquanto trabalha em novos veículos com sistemas de propulsão híbrida. V8 5.7 O 5,7 litros HEMI V8 é oferecido no Brasil pela família 300C, tanto sedan quanto perua, e passará a ser mais forte e econômico. Ele equipará o veículo da Chrysler no ano que vem e se destaca pela alta tecnologia que passou a ser utilizada por ele. Ele continua com comando de válvulas variável (VVT) para melhor os níveis de potência e torque. Houve também evoluções na parte estrutural dos cilindros, na capacidade de bombeamento do óleo, entre outros. O Multi-displacementet System (MDS), que desativa o funcionamento de algumas câmaras de combustão dependendo das condições de tráfego. Chrysler Aspen O resultado final é obtido nas rodas do modelo. Elas contam agora com 380 cv de potência e torque de 55,8 kgfm de torque, contra 340cv e 53,5 kgfm do 5.7 oferecido atualmente no 300C. Segundo a Chrysler, a economia de combustível ainda foi melhorada em 4%. Quando equipar os utilitários-esportivos híbridos Dodge Durango e Chrysler Aspen, sua potência será um pouco maior, de 385 cv, mas o torque vai cair, para 52,5 kgfm. O motor 5.7 HEMI V8 é fabricado na planta de Saltillo, no México.