FIAT LANÇA LINEA NO BRASIL

Fiat / Lançamentos

FIAT LANÇA LINEA NO BRASIL

Linea T-Jet Finalmente a Fiat do Brasil lança o tão aguardado Linea, seu maior lançamento do ano. O novo modelo chega às concessionárias em duas opções de motorização, duas de câmbio e três de acabamento. Embora seja derivado do compacto Punto, o porte do sedan é médio: mede 4,56 metros de comprimento, 1,73 m de largura, 1,50 m de altura e 2,60 m de entreeixos, tendo capacidade para 500 litros de bagagem no porta-malas (com braços pantográficos na tampa, que não amassam as malas) e 60 l de combustível. Seu peso é de 1.305 kg (1.4 T), 1.315 kg (1.9) e 1.320 kg (1.9 Dualogic/Absolute). Linea Absolute Para cativar o exigente consumidor de sedans médios, seus principais atributos são o belo design e a farta lista de itens de série, que também inclui segurança e mimos. Se depender destes argumentos, o Linea não sofrerá tanto com seus concorrentes Civic, Corolla, Pallas, Focus, Mégane, Vectra, entre outros. Além disso, a marca italiana treinou seus funcionários para darem atendimento VIP aos clientes do novo sedan. Linea Absolute Os motores podem ser o 1.9 16v ou o 1.4 16v Turbo, ambos inéditos. O primeiro equipa as versões básica (manual e dualogic) e Absolute, enquanto o último está restrito ao topo de linha T-Jet. O propulsor 1.9, que na verdade é quase um 1.8 (1838 cm³) gera 130 cv/132 cv de potência a 5.750 rpm e 18,1/18,6 kgm de torque a 4.500 rpm. Segundo dados da Fiat, o Linea 1.9 atinge 186/188 km/h de velocidade máxima e leva 10,7/10,5 s para acelerar de 0 a 100 km/h, enquanto consome 11,5/8,1 km/l na cidade e 15,3/10,7 km/l na estrada. Como o motor 1.9 é flex, todos estes dados são sempre do carro abastecido com gasolina e álcool, respectivamente. 1.9 16v Flex 1.4 16v Turbo O motor 1.4 16v Turbo (com sobrealimentação de até 1 bar) é movido somente a gasolina e desenvolve potência de 152 cv a 5.500 rpm e torque de 21,1 kgfm na faixa de 2.250 a 4.500 rpm, alcançando 203 km/h e fazendo de 0 a 100 km/h em apenas 8,5 segundos e seu consumo é de 12 km/l no ciclo urbano e 15,9 km/l no rodoviário, segundo a montadora. Linea 1.9 16v Linea 1.9 16v Linea 1.9 16v Linea 1.9 16v A versão básica, vendida por R$ 60.900, já vem equipada de série com ar-condicionado com saídas traseiras, direção hidráulica, trio elétrico, rodas de liga-leve aro 15 com pneus 195/65, rádio com cd player e mp3, airbag duplo, ABS, vidros escurecidos, computador de bordo, entre outros, oferecendo assim um ótimo custo-benefício ao agregar todos os itens essenciais – inclusive de segurança – logo na versão de entrada por um bom preço. Os opcionais da versão básica são o sistema Blue&Me, câmbio automatizado Dualogic (mesmo sistema encontrado no Stilo), kit Essense (ar digital, rodas de liga aro 16” e sensor de estacionamento), airbags laterais e de cortina, revestimento em couro cinza, e sensores de chuva e acendimento automático dos faróis, custando até R$ 71.980 com câmbio manual e R$ 74.830 com transmissão Dualogic, incluindo também a pintura metálica entre os opcionais. Linea Dualogic Linea Dualogic Linea Dualogic Linea Dualogic A versão Dualogic nada mais é que a básica com o câmbio automatizado (com piloto automático), e custa R$ 63.900. Vale lembrar que no Linea, o câmbio Dualogic não oferece as borboletas no volante, que são disponíveis apenas pro hatch médio. Já a Absolute, de R$ 68.640, versão mais cara equipada com o motor 1.9 16v, adiciona ar-condicionado digital, rodas de 16 polegadas calçadas em pneus 205/55, sistema Blue&Me, bancos de couro (cinza ou bege), cortina pára-sol no vidro traseiro, sensor de estacionamento, entre outros itens, além de ser vendido unicamente com o câmbio Dualogic. Uma das novidades do Linea é o Blue&Me NAV, que acrescenta GPS ao Blue&Me, sem mapas, mas que indicam o caminho por meio de setas na tela do computador de bordo e por comando de voz. Este item é opcional em todas as versões. Outros equipamentos pagos a parte na versão Absolute são airbags laterais e de cortina, sensor de chuva e acendimento automático dos faróis, levando o preço para R$ 74.176, com pintura metálica incluída.  Linea Absolute Linea Absolute  Linea Absolute Linea Absolute Por fim, a 1.4 T-Jet, topo-de-linha, custa R$ 78.900. Dispõe somente do câmbio manual, afinal esta versão é voltada à esportividade. Traz de série rodas aro 17" com acabamento esportivo e pneus 205/50 (inclusive estepe), sensor crepuscular e de chuva, interior com grafia do painel de instrumentos e acabamento diferenciados, retrovisor interno eletrocrômico e sistema de som Hi-Fi com subwoofer, amplificador, quatro alto-falantes e quatro tweeters. Como opcional, o carro ainda pode vir equipado com bancos de couro bege, side bags dianteiros (airbags laterais), window bags (airbags de cortina) e anti-whiplash (anti-chicote) para os apoios de cabeça dianteiros, chegando assim até R$ 85.540, com pintura metálica inclusa.  Linea T-Jet Linea T-Jet Linea T-Jet Linea T-Jet O cliente poderá optar entre dez cores, sendo duas sólidas e oito metálicas. As sólidas são Branco Banchisa e Preto Vulcano, e as metálicas (por mais R$ 874) são Azul Vitality, Bege Savannah, Cinza Cromo, Cinza Scandium, Cinza Tellurium, Prata Bari, Preto Vesúvio e Vermelho Magma. A Fiat espera vender 2.500 Linea por mês até o fim deste ano, distribuídas no seguinte mix: 10% do T-Jet, 20% do Absolute, 40% do Dualogic e os 30% restantes da versão de entrada com câmbio manual. Além do Brasil, o modelo já é vendido na Alemanha, Turquia, Espanha e Portugal e deve chegar em breve na Argentina, México e China. Linea Absolute Linea Absolute Linea Absolute Linea Absolute  Linea Absolute Linea Absolute Absolute 1.9 16v 1.4 T-Jet T-Jet