CHRYSLER PODE FECHAR AS PORTAS ATÉ O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2009

Chrysler / Dodge / Jeep / Mercado

CHRYSLER PODE FECHAR AS PORTAS ATÉ O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2009

Chrysler O mercado de automóveis americano passa por enormes dificuldades financeiras. A Chrysler, por exemplo, terá que fechar as portas caso não consiga se fundir com outra montadora, segundo fontes ligadas a marca. Sem essa fusão a montadora só seguira em operação até o primeiro semestre de 2009. As vendas da marca nos Estados Unidos tiveram uma queda de 35% em outubro, agravando ainda mais a crise. Caso a empresa seja mesmo vendida, as três marcas (Dodge, Jeep e Chrysler), serão vendidas separadamente, para que o valor arrecadado seja maior. O grupo Cerberus, dono da montadora e o grupo Chrysler ainda não se pronunciaram sobre o assunto. O presidente da GM, Rick Wagoner, o presidente da Chrysler, Bob Nardelli, e o da Ford, Alan Mulally, se encontraram com o líder do senado americano com o objetivo de conseguir auxílio de 50 bilhões de dólares. Essa ajuda está sendo aprovada pelo senado dos Estados Unidos.