Após união com a Chrysler, Fiat quer sua fatia na Opel

Chrysler / Fiat / Mercado / Opel

Após união com a Chrysler, Fiat quer sua fatia na Opel

fiat_chrysler_opelApós a confirmação de sua união com a americana Chrysler, a Fiat visa agora união com a alemã Opel. O presidente da Fiat, Sergio Marchionne, disse que o próximo passo da marca italiana, é um acordo com a Opel. Em entrevista ao jornal italiano "La Stampa", Marchionne disse mesmo que a Opel seria a parceria ideal para o grupo italiano crescer no no continente norte-americano. “Agora nós temos que nos concentrar na Opel. Eles são nosso parceiro perfeito”, disse Marchionne, desfazendo todas as dúvidas quanto ao  interesse da Fiat na marca alemã da General Motors. Do mesmo modo que a General Motors nos EUA, a Opel enfrenta problemas econômicos devido à crise financeira mundial. Recentemente, o governo alemão informou que não iria ajudar a marca caso ela repassasse dinheiro à sede, situada nos EUA. Após esta comunicação, tanto a Opel quanto a britânica Vauxhall (também subsidiada à General Motors) declararam que pensam em se separar parcialmente da empresa norte-americana, para garantirem o próprio futuro.