Juiz deixa a Chrysler ser vendida ao grupo liderado pela Fiat

Chrysler / Fiat

Juiz deixa a Chrysler ser vendida ao grupo liderado pela Fiat

chrysler_new_logo01_thumb[1]_thumb[3] Um juiz norte-americano aprovou ontem (31) a venda da Chryslyer para a italiana Fiat, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira. A decisão fará com que a Chrysler saia do regime de concordata, o que deve ocorrer em um mês. A decisão demorou 3 dias. Foram 12h só para ouvir as partes envolvidas no processo. Até que finalmente o juiz de Nova York aprovou o plano para a reestruturação da Chrysler, a terceira maior montadora americana. O plano visa a criação da “Nova Chrysler”. Na qual 20% caberá á Fiat, que pode aumentar para até 35%, 68% ao sindicato dos trabalhadores automotivos e 12% ficarão nas mãos do governo dos EUA e do Canadá. Ao contrário do que muitos pensam, a aliança com a Fiat pode ser muito benéfica à Chrysler. A Fiat deverá ceder a base de vários de seus compactos, à começar do Bravo. Assim como os motores da marca italiana, que são muito mais econômicos O vice-presidente de comunicação da Fiat, Richard Gadeselli, disse que o compacto 500 já estará à venda nas concessionárias Chrysler dos Estados Unidos em até 18 meses. Segundo ele, ‘Os demais modelos serão desenvolvidos nos Estados Unidos por uma empresa norteamericana, mas a plataforma e os motores serão Fiat’. Fiat-Bravo_1.6_Multijet_16v_2008_800x600_wallpaper_05