Sem acordo na F1, principais equipes saem para criar compeonato em paralelo

F1 / Fim de Carreira

Sem acordo na F1, principais equipes saem para criar compeonato em paralelo

gpbahrei1 A crise na Fórmula 1 atingiu seu ápice nesta quinta-feira. Ainda com o impasse entre a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Associação das Equipes (FOTA), sobre o teto orçamentário para a próxima temporada, a FOTA terminou por romper com a F-1, e anunciou a criação de uma categoria paralela em 2010. As equipes McLaren, Ferrari, BMW Sauber, Renault, Toyota, Toro Rosso, Red Bull e Brawn não concordaram com os valores propostos pela FIA e, após reunião na sede da Renault, na cidade inglesa de Enstone, selaram a cisão. 1209355-3660-atm14 “As equipes não têm outra alternativa, a não ser, se preparar para um novo campeonato, que possa refletir os valores de seus participantes e parceiros. Esta categoria será governada de forma transparente, com apenas um regulamento. E que além de encorajar novas inscrições e ouvir os anseios dos fãs, oferecerá ingressos mais baratos. Os melhores pilotos, marcas, patrocinadores e promotores estarão na nova categoria” disse um porta-voz da Fota. mosley As equipes da Fórmula 1 tinham até a noite desta sexta-feira para retirar as condições impostas nas inscrições provisórias feitas no início deste mês, sob o risco de ficar fora da F-1 em 2010. Max Mosley, presidente da FIA, na última quarta-feira, enviou uma carta às equipes, na qual fazia algumas concessões, porém deixando claro que o teto orçamentário não seria abandonado. Além disso, pediu para que as equipes se inscrevessem e, ainda se comprometeu a mudar o regulamento, criando um novo Pacto da Concórdia, documento que rege as relações esportivas e comerciais na F1. Após receberem a carta, as equipes da FOTA decidiram por se reunir na fábrica da Renault, onde, após discutir novas medidas, chegaram à conclusão de que não poderia haver um acordo com a FIA. A inclusão da Ferrari, da RBR e da STR na nova categoria deve gerar ainda mais polêmica, já que a FIA alega que as três ainda tem contrato com a atual categoria. Com isso, das equipes atuais, apenas Williams e Force India estão confirmadas para a temporada de 2010. Além delas, também estão inscritas as novatas Manor, USF1 e Campos. A FIA prometeu nesta sexta-feira divulgar as oito escuderias restantes para que o número de 13 seja alcançado. Fonte:  GloboEsporte.com