Felipe Massa sofre acidente no treino classificatório do GP da Hungria

F1

Felipe Massa sofre acidente no treino classificatório do GP da Hungria

AtualizadoFelipe Massa acidente gp hungria 2009O piloto brasileiro Felipe Massa sofreu um acidente durante a segunda etapa (Q2) do treino classificatório do GP da Hungria de Fórmula 1. Uma mola da suspenção (que pesa 1kg) do carro de Rubens Barrichello se soltou e bateu no capacete do brasileiro da Ferrari próximo da curva 5 do circuito de Hungaroring, na Hungria. largeApós ser atingido, Massa ficou desacordado, então teve reação para evitar o impacto do carro na barreira de pneus.Felipe não conseguiu sair sozinho do carro, mas foi levado consciente para o centro médico do autódromo. Depois, o piloto da Ferrari foi transferido para Hospital Militar Central de Budapeste para exames mais detalhados. Ele uma fratura e está com um corte com cerca de 8cm, na testa.Barrichello esteve perto de Felipe no centro médico e contou à TV Globo que ele estava consciente, muito agitado e por isso ele foi sedado. Em seguida, o diretor de comunicação da Ferrari, Luca Colajanni, confirmou que o brasileiro está bem.1275026-6600-atm14 esportes_25071045Mesmo sem ter disputado a terceira parte do treino, Massa ficou em décimo no grid, mas, diante da natureza do acidente, não irá disputar a corrida deste domingo. Massa passou por uma cirurgia na face e está se recuperando. Seu estado de saúde é estável. A Ferrari estima de 3 a 6 semanas de recuperação para o brasileiro. Felipe Massa foi retirado do coma induzido na manhã deste domingo pelos médicos do Hospital nde está internado. O último boletim médico informou que Massa não sofreu nenhuma lesão neurológica e que foi sedado outra vez para que pudesse descansar mais. (10:15)imageGrid de largada para o GP da Hungria:1°. Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min21s569
2°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min21s607
3°. Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min21s741
4°. Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min21s839
5°. Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min21s890
6°. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min22s095
7°. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min22s468
8°. Jenson Button (ING/Brawn), 1min22s511
9°. Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min22s835
10°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), sem tempo
11°. Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min21s002
12°. Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min21s082
13°. Rubens Barrichello (BRA/Brawn), 1min21s222
14°. Timo Glock (ALE/Toyota), 1min21s242
15°. Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min21s389
16°. Nick Heidfeld (ALE/BMW), 1min21s738
17°. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min21s807
18°. Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min21s868
19°. Robert Kubica (POL/BMW), 1min21s901
20°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1min22s359

  • Alguém reparou que no impacto da peça há uma imediata desaceleração do monitor da força G ao lado esquerdo da imagem da TV?

    Na hora, depois rola a desaceleração da perda de velocidade…