Chrysler encerra parceria com a Nissan, cancelando assim, a vinda do Trazo C

Chrysler / Fiat / Nissan

Chrysler encerra parceria com a Nissan, cancelando assim, a vinda do Trazo C

dodge_trazo_extgallery_02 Terminou nesta quarta-feira o acordo firmado em janeiro de 2008 entre o grupo Chrysler e a Nissan. Esse acordo previa um intercãmbio de modelos entre as marcas do grupo, como por exemplo, vender carros da Nissan nos EUA sob a bandeira das marcas do grupo Chrysler. O Brasil também estava nos planos desse acordo. Seria lançado no Brasil a versão sedan do Nissan Tiida. Para não afetar as vendas do Sentra, ele seria vendido pela Chrysler em sua rede de concessionárias. No entanto, a própria rede de concessionárias da Chrysler tinha receio de aceitar-lo, temendo que ele fosse ficar encalhado. dodge_trazo_extgallery_04 Ele chegou a ser apresentado aos Brasileiros, no Salão do automóvel de São Paulo no ano passado e a promessa era que ele seria importado do México com o motor 1.8 Flex que já é usado na linha Livina e pelo Tiida hatch. O fim do acordo foi causado pela aliança Fiat-Chrysler, estabelecida no primeiro semestre desse ano, porém, quando essa aliança foi feita, os executivos da Chrysler garantiram a continuidade da parceria com a Nissan. Além do Trazo, foi cancelado o projeto de a Nissan fornecer à Chrysler um veículo compacto para mercados mundiais a partir de 2010. E o de  Chrysler fornecer à Nissan uma picape full-size a partir de 2011.