Greve na VW mexicana termina após acordo

Volkswagen

Greve na VW mexicana termina após acordo

New Beetle 2008_01_640x408 A Volkswagen mexicana fechou acordo com o sindicato dos funcionários da marca, concedendo um aumento de 3% no salário de seus funcionários. A greve aconteceu na fábrica de Puebla, a responsável pela produção e exportação do Jetta e do New Beetle. A paralização teve início no último dia 18, e terminou neste sábado após a Volkswagen anunciar o aumento. Ficou acertado que será dado 2% de aumento de imediato, e 1% em dezembro. Os funcionários ainda receberão uma bonificação de 2 mil pesos (cerca de R$ 350,00). Pouco mais de 6 mil automóveis deixaram de ser produzidos nesse período. A fábrica de Puebla é responsável por atender a demanda do mercado interno e de outros países das Américas do Norte (principalmente os EUA) e do Sul, inclusive o Brasil.