Ford investirá mais de R$ 4 bilhões no Brasil até 2015

Brasil / Ford

Ford investirá mais de R$ 4 bilhões no Brasil até 2015

FORDLOGO A Ford fez o anuncio de que irá investir R$ 4 bilhões no Brasil até 2015 para ampliar  sua produção e modernizar suas fábricas no país, para poder renovar sua linha de produtos e se preparar para um aumento na demanda de veículos. As fábricas mais beneficiadas pelo investimento serão as do Ceará (Horizonte-Troller)e da Bahia (Camaçari-Ford), que juntas receberão R$ 2,8 bilhões, e criarão cerca de mil empregos. O resto do investimento terá R$ 600 milhões direcinados à fábrica de Taubaté (SP), que fabricará uma nova família de motores, e os R$ 370 milhões restantes vai para a Ford Caminhões em São Bernardo do Campo (SP). Ao todo, após o investimento, o número de veículos produzidos por ano pela Ford, no Brasil, deverá saltar dos atuais 250 mil para 300 mil veículos. 2010_ford_figo_3 O presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva participou da cerimônia do anúncio. O governo concederá benefícios fiscais estaduais e federais para a Ford. O Brasil ainda é visto como um local estratégico para as montadoras globais, que sofreram muito mais nos principais mercados como Estados Unidos e Europa, do que no Brasil. fiesta-01G Os novos investimentos, acarretarão uma atualização da linha de modelos Ford no país, como o Fiesta reestilizado que chega em 2010, a chegada do Fiesta europeu importado do México e a renovação do EcoSport, agora em 2010 e nova geração em 2012. Em dezembro a Ford apresentará a linha Focus equipados com o motor 1.6 Sigma, mais moderno e potente que o atual, junto com ele deverá ser apresentado também, o Focus com motor 2.0 Flex. 002 Segundo a AutoEsporte, esse é o cronograma de lançamentos da Ford no Mercosul até 2015: 2011- Novo Fiesta (igual ao europeu, com motores 1.0 e 1.6 Sigma)
2011 – Novo Fiesta Sedan (importado do México)
2012 – Novo Ecosport (do Brasil será exportado para o resto do mundo)
2012 – Nova Ranger
2014 – Novo Ka
2015 – Novos Focus e Kuga Fonte | Reuters, AutoEsporte