Effa M100 deixa de ser importado para o Brasil para voltar remodelado em setembro

Changue / Effa / Suzuki

Effa M100 deixa de ser importado para o Brasil para voltar remodelado em setembro

M100 A história do M100 é complicada: lançado por aqui por volta de 2008, o modelo foi alvo de críticas por várias revistas automotivas. Agora, a Changhe, que fabrica o modelo "mais barato do Brasil" na China, desistiu do mercado automobilístico e irá produzir aviões. A Changhe foi para as mãos da China Aviation, que por sinal, controla a Hafei Auto. Porém, a Hafei não demonstrou interesse em fabricar o M100. A Suzuki ficou com o compromisso, já que ela e a Changhe mantiam algumas parcerias na China. O novo M100 será produzido em uma fábrica da Suzuki na China, após passar por mudanças estéticas e na qualidade do carro, que não agradou à Suzuki. Oficialmente, o M100 deixou de ser importado para o Brasil. O último lote, de 220 unidades, já foi vendido. O modelo voltará em dezembro, com as melhorias ditas acima, com previsão de 1.200 unidades desembarcando no país em um período de três meses.

Fonte | Motorpasión