Eike Batista confirma: nova montadora nacional produzirá carros elétricos

Brasil / Elétricos / Fábricas / Mercado

Eike Batista confirma: nova montadora nacional produzirá carros elétricos

EletricCars 1 Conforme havíamos noticiado, o empresário brasileiro Eike Batista pretende criar uma montadora nacional. Ontem, mais informações sobre a nova montadora foram reveladas. Segundo ele, a marca produzirá veículos elétricos em uma fábrica no Porto do Açu, no norte do estado do Rio de Janeiro. Parcerias com montadoras japonesas para tecnologias e com montadoras europeias para a área mecânica dos veículos estão sendo realizadas. A fábrica deve ser construída em módulos. O primeiro, que deverá começar a produzir veículos em um prazo entre três e quatro anos, fabricará cerca de 100.000 veículos por dia. Eike disse que a propagação de carros elétricos pelo mundo é irreversível, já que se trata de uma tecnologia ecologicamente correta e totalmente inovadora. Além disso, o empresário afirmou que os componentes de carro dessa categoria têm tido uma queda sensível nos preços recentemente. O governo já discutiu sobre uma futura montadora nacional de carros elétricos, e uma montadora estatal chegou a ser cogitada. O projeto foi adiado. Esperamos que o projeto de Eike dê certo – e que influencie a concorrência e, ao mesmo tempo, novas montadoras de qualidade no mercado brasileiro.

Fonte | Veja

  • Johanns

    Precisamos esperar futuros sketchs. Os veículos que ilustram este texto são conceitos da Mitsubishi, como a legenda deixa claro.

  • Raimundo.

    Esse Eike esta fazendo um verdadeiro abacaxi. So aqui mesmo para se acreditar q veiculo 100% eletrico tera otima aceitacao. Pra começo, brasileiro nao gosta de carro apertado e tem q ter porta-malas adequado; um povo q adora carro potente acho meio dificil se contentar com produtos com pouca potencia- eh o mesmo q ofertar o Linea vendido la fora com motor de 90cv, ou seja, dificilmente comprariam; por fim, tem muita pinta desses eletricos serem city cars e o mesmo parece esquecer q seria preciso criar uma rede de postos de energizacao de baterias, q podem durar um bom tempo (horas) para carregar e cuja autonomia eh pequena (curtas distancias). Se for para ser segundo ou terceiro carro da familia ta valendo, mas primeiro teria q ver as inumeras deficienças para te-lo.

  • Totalmente apoiado, qual será o nome? com certeza terá o " x" da sorte hehe.