Fiat planeja investimento em nova fábrica no estado de Pernambuco

Chrysler / Fábricas / Fiat / Volkswagen

Fiat planeja investimento em nova fábrica no estado de Pernambuco

bravo_essence_043 A Fiat vem enfrentando dificuldades em manter seu crescimento no mercado, pois sua fábrica em Betim já não suporta mais expansões sem que a produção não seja afetada. Ela já está tomando medidas, como transferir a produção do Siena para a fábrica de Córdoba, na Argentina. O Uno duas portas até hoje não foi lançado, em tese, devido à falta de capacidade de produção em Betim. Esses problemas, aparentemente, serão resolvidos com a construção de uma nova fábrica, desta vez em Pernambuco, próximo ao porto de Saupe, que está sendo negociada junto com o  governo do estado. As atuais instalações da Fiat foram construídas em 1976, quando a marca chegou ao Brasil. Hoje, boa parte de sua linha é produzida lá. Atualmente, a Fiat conta com a fábrica de Betim e Sete Lagoas, em Minas Gerais (desta última saem os Iveco e o utilitário Ducato). Não se sabe quais modelos serão fabricados lá, mas espera-se que isso abra espaços para modelos novos, como o futuro crossover da Fiat e o City Car ou, quem sabe, para executar os planos de parceria entre a Fiat e a Chrysler com produtos para o Brasil. Vale lembrar que em Betim são produzidos cerca de 11 modelos, sem contar as diversas versões da Fiat. 823_1_preview A Fiat deve realizar um comunicado oficial até o dia 29 de dezembro. Até lá, Betim continua na esperança de um pequeno descanso. Vale lembrar que a fábrica de Betim produz cerca de 11 modelos, sem contar suas diversas versões, ao ritmo de 800 mil unidades por ano. Entre os principais planos da Fiat estão superar ainda mais a concorrente Volkswagen.

Fonte | All the Cars

  • Arthur

    Finalmente. Uma Fábrica de Carros Aqui.

  • Anônimo

    òtima notícia. Fui e sou proprietário de diversos modelos FIAT: UNO (2) e SIENA (1). Ótimos carros. Mas, se a produção migrasse para outro país (China ou Mercosul), mudaria para outra opção. Temos mercado, porque produzir fora? Para reduzir custos? Quero produtos brasileiros, renda e emprego para nós, não para hermanos…