Fiat 500 Mexicano também irá para a China

Fiat / Segredos

Fiat 500 Mexicano também irá para a China

Fiat-500_Sport_2011_1600x1200_wallpaper_09
A Fiat está revendo seus planos para o Fiat 500 fabricado no México. A expectativa era que as 100.000 unidades/ano fossem divididas  em 50% para a  América do Norte e 50% na Américas Central e do Sul, mas após rever que estes são números tão otimistas a montadora italiana decidiu que a China também se encarregará de consumir parte desse montante. Fiat-500_Sport_2011_1600x1200_wallpaper_08
Fora isso, o Fiat 500 ainda não está tão apto a agradar o mercado norte-americano. Após decadas fora, a Fiat deve ter se esquecido que por lá apenas cerca de 20% dos carros têm câmbio manual. A preferência do país é pelo câmbio automático, e mesmo que a Fiat chame o sistema Dualogic de automático – como faz aqui -, ela não irá enganar os americanos dispostos a comprar um Fiat 500, pois odeiam câmbio automatizado. Fiat-500_Sport_2011_1600x1200_wallpaper_02
Por isso ela está desenvolvendo junto à Aisin um câmbio automático para o compacto, que já deverá estar disponível nos EUA em março, podendo conquistar mais compradores. Nessa mesma época, o Fiat 500 fabricado no México (atualmente ele vêm da Polônia) começa a chegar ao Brasil, com preços que poderão reduzir em até 20% e opção de motor Flex. Ao longo dos anos a fábrica mexicana também se encarregará das versões conversível, Abarth e elétrica, além de uma possível versão 5 portas. Fonte | Uol