Salão de Buenos Aires – As atrações da Ford

Ford / Salão de Buenos Aires

Salão de Buenos Aires – As atrações da Ford

DSC00478
Em tempos de importação de automóveis dificultada pelo governo argentino, o Salão de Buenos Aires conta apenas com o sumo das montadoras presentes na Argentina. O stand da Ford é um dos que mais aponta a diferença entre o mercado argentino e o brasileiro. DSC00475
Duvida? Há mais de 5 anos não importamos o Mondeo, assim como o Explorer. O Mustang sempre foi raro, o Kuga nunca passou de uma especulação para nosso mercado e a Ford nunca chegou a vender alguma de suas minivans por aqui. Por outro lado a nova Ranger nos salvou, assim como o New Fiesta hatch, que chegará ao Brasil… Um dia!
DSC00490
Como o New Fiesta é bonito! Ele já é vendido na Argentina, mas ainda não há uma data certa para sua chegada ao Brasil. A Ranger, que não merecia manter o nome da picape que a Ford vende no Brasil há 15 sem grandes alterações, é bem grande e atraente. A unidade em exposição é idêntica a que foi revelada na Austrália, com um motor 2.2 Turbodiesel associado a um câmbio manual de seis marchas.
DSC00488
A Ford ainda expôs os novos Mondeo e S-Max, além do Iosis Concept, que antecipou as linhas do novo C-Max, que por sua vez, já é vendido na Europa. O Ford Kuga, que vendo muito bem por lá –principalmente na cor branca – apareceu de forma compulsória, pois  muda no ano que vem. A nova geração do Ford Explorer aparece pela primeira vez no hemisfério sul, e mostrou-se muito atrente, cada vez mais independente da Ranger. 
DSC00495
A foto do Mustang GT500 Cabrio é auto-explicativa, não? Nem a modelo conseguia tirar os olhos dele…
DSC00506
Fotos | Henrique Rodriguez

  • Pelo que tenho visto a Ford não tem grandes interesses no Brasil. Ela ocupa com conforto o quarto lugar no ranking das marcas, pois essa posição está longe de ser ameaçada pelo quinto lugar (Renault) e distante do terceiro (GM). O catálogo de produtos da Ford é muito pequeno e não estou vendo na mídia especializada comentários sobre novos projetos, o que demonstra suas intenções no Brasil. Além do mais, a Ford tem perdido oportunidades com a falta do Ka 4 portas e a questionável reestilização do Fiesta. Fora que a sua rede autorizada mostra-se muito despreparada. Digo isso como proprietário de um Novo Ford Focus, que somente após a aquisição do carro passou a perceber isso.