SpaceCross tem preços revelados: versão aventureira custará a partir de R$ 57.990

Brasil / Segredos / Volkswagen

SpaceCross tem preços revelados: versão aventureira custará a partir de R$ 57.990

DSC00633[20][3]
O site Autos Segredos divulgou os preços da SpaceCross, versão aventureira da SpaceFox. De acordo com o site, os preços da sportwagon (como a VW a chama) partirão de R$ 57.990, mesma faixa da Palio Adventure. Para fazer jus ao preço alto, o modelo virá completo de fábrica, incluindo ar-condicionado, freios ABS, airbag duplo e etc. Já a versão equipada com o câmbio automatizado I-Motion custará a partir de R$ 60.690. Outros equipamentos como computador de bordo com sete funções e sensor de chuva serão disponibilizados desde a versão mais básica da SpaceCross, além dos adereços off-road. Visualmente, a SpaceCross é destacada pelos para-choques frontais com os gigantescos faróis de neblina de longo alcance, para-choque este utilizado também no CrossFox, no Gol Rallye e na Saveiro Cross. Discretos apliques de plástico na carroceria diferenciam a SpaceCross da SpaceFox, ao contrário da Palio Adventure, que não é tão discreta assim. O nome da SpaceCross está nas laterais e no para-choque traseiro. Além disso, lanternas e rodas escurecidas, estribos e suspensão elevada também contribuem para o visual aventureiro. DSC00635[6][3]
Outros itens tecnológicos compõem a lista de equipamentos desde a versão mais barata: retrovisor interno elétrico eletrocrômico, retrovisores externos com função tilt down, Coming & Leaving Home, faróis com acendimento automático e sensor de estacionamento traseiro. Outros adereços visuais estão no interior, como pedaleiras em alumínio. Do lado de fora, os pneus 205/55R15 e rodas de 15 polegadas escurecidas completam o visual da sportwagon. Como opcionais, serão disponibilizados pela Volkswagen quatro pacotes: o PF3, que trás coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, o PA1, que trás bancos de couro, enquanto o PHC trás volante multifuncional revestido de couro com paddle-shifts (troca de marchas atrás do volante, o que em tese leva a crer que o pacote só estaria disponível nas unidades equipadas com o câmbio I-Motion) com comando para o rádio e para o I-System, enquanto o RH4 oferece rádio com CD Player, reprodutor de MP3 e entrada USB, SD Card e iPod, enquanto o RH5 oferece o mesmo, porém, o rádio é double DIN. 13080913402407[3]
O motor que equipará a SpaceCross é o mesmo 1.6 que equipa as outras versões, que gera 101 cavalos e 104 cavalos na gasolina e etanol, respectivamente. Serão 10 cores no total: branco cristal, vermelho tornado e preto ninja (estas sólidas), preto mystic (perolizada) prata sargas, cinza vulcan, prata vegas, azul island, cinza iron e preto ninja (metálicas). Faltou o laranja Atacama… A SpaceCross deverá chegar às lojas ainda neste ano. Não se sabe ainda se ela chegará importada da Argentina (onde é produzida, na cidade de Pacheco) ou se a Volkswagen aguardará o início da produção da SpaceFox na fábrica de São José dos Pinhais no Paraná. Apesar do preço alto, já que ela deriva de um compacto que custa a partir de R$ 30 mil, o resultado foi harmonioso. Poderia ser bem mais barata, mas será uma opção interessante em meio aos aventureiros. Mesmo assim, uma Aircross parece ser uma opção bem mais interessante…

Com informações do Autos Segredos 
Fotos | Henrique Rodrigues; Divulgação