Chevrolet mostra Spark para os mercados norte-americano e canadense

Chevrolet / Salão de Los Angeles

Chevrolet mostra Spark para os mercados norte-americano e canadense

Chevrolet-Spark_2013_1280x960_wallpaper_03[3]
Quando foi apresentado, em 2009, o Chevrolet Spark não era muito cotado para ser vendido no mercado norte-americano. Mas após a crise econômica ter passado o mercado de compactos esquentou por lá, principalmente com a chegada de Ford Fiesta e o Fiat 500. Agora a General Motors irá vender o Spark por lá, mas com visual levemente diferente. Chevrolet-Spark_2013_1280x960_wallpaper_09[3]
As principais mudanças podem ser vistas na dianteira, onde para-choque se difere pela entrada de ar inferior e pela grade, com porção inferior maior. Os faróis são ligeiramente diferentes, com setas laranjas para se adequar às normas do novo mercado e os de neblina ganharam moldura cromada. No interior a mudança mais radical está no quadro de instrumentos, que recebeu uma cúpula para dar-lhe um formato mais usual – em outros mercados parece ter vindo de uma motocicleta. Fora isso há um sistema multimídia com tela de 7 polegadas que permite escutar rádios online. Nos Estados Unidos ele será equipado de série com 10 airbags e sistema OnStar, que avisa automaticamente os serviços de emergência em caso de acidente.
Chevrolet-Spark_2013_1280x960_wallpaper_06[3]
O motor será um 1.2 de 85 cv, acoplado a uma caixa manual de cinco velocidades ou automática de quatro. O Spark será o Chevrolet mais barato dos EUA, com preço próximo dos US$ 10.000, mas os valores oficiais só serão anunciados ao longo da semana durante o Salão de Los Angeles.
Chevrolet-Spark_2013_1280x960_wallpaper_17[3]