Compactos decepcionam no Latin NCAP

Brasil / Segurança

Compactos decepcionam no Latin NCAP

321623_295088453858436_157001791000437_951741_635415872_n
O Latin NCAP divulgou hoje o resultado da segunda rodada de crash-tests com carros vendidos no mercado latino-americano. Desta vez oito modelos foram avaliados: Chevrolet Classic, Chevrolet Celta, Fiat Uno (novo), Nissan March, Nissan Tiida, Ford Ka Fly, Ford Focus hatch e Chevrolet Cruze LT. O resultado continua vergonhoso para os carros compactos. crash
Baseando-se em uma colisão frontal, a 64 km/h contra uma barreira deformável, a avaliação leva em consideração a segurança oferecida aos passageiros adultos nos bancos dianteiros e para crianças, atrás, em cadeirinhas, e usa como base as especificações do Euro NCAP. As notas vão de zero a cinco estrelas. Em meio a isso, quem se saiu pior foi o Chevrolet Classic, com uma estrela para a segurança dos adultos e 1 para as crianças. Celta e Uno foram pouco melhor, com uma estrela para adultos e 2 para crianças. Também sem airbag, o Ford Ka conquistou uma estrela para os adultos e 3 para as crianças. O Nissan March, que conta com duplo airbag de série, decepcionou ainda mais: 2 estrelas para os adultos e uma para as crianças. Na Europa, com alguns outros equipamentos de segurança, ele conseguiu quatro estrelas… Entre os médios o Nissan Tiida foi o que se saiu pior. Este foi avaliado em uma versão com apenas um airbag, que não é mais oferecida por aqui, com 3 estrelas para adultos e uma para crianças. Com duplo airbag a nota sobe para quatro estrelas para os adultos. Ford Focus e Chevrolet Cruze, obtiveram quatro estrelas para adultos e três para crianças. O órgão apontou que os compactos demonstram estrutura frágil e oferecem níveis de segurança semelhantes aos alcançados pelos automóveis europeus e estadunidenses há cerca de vinte anos. Curiosamente, a idade de alguns projetos como o do Classic, por exemplo. De toda forma, isso só demonstra que algumas montadoras insistem em vender carros com menos qualidade por aqui.

Assista os videos das colisões: