GM encontra solução para os ruídos dos freios

GM

GM encontra solução para os ruídos dos freios

frenos_silenciosos
Existem passos na engenharia automotiva que são curiosos por sua aparente simplicidade. Aparente. Na General Motors andam investigando o incomodo chiado dos freios, e depois de um século de luta com o problema, chegaram à conclusão de que o ruído pode ser amortizado aos se colocar uma abafador no disco de freio que tem o formato de um aro, desta forma descartando outras opções pela liberdade de movimento giratório inerente a um disco de freio. Para chegar a isso, recorreram aos estudos de fricção de Charles-Augustin de Coulomb, o mesmo da Lei de Coulomb, cujo nome invocamos para medir cargas elétricas e a força exercida entre elas. Como os freios são elementos que baseiam seu funcionamento na fricção, resulta inevitavelmente que haja certo ruído. O problema é o escândalo gerado por alguns freios, e que está sempre relacionado com o mal estado das pastilhas ou dos discos Na verdade, as pastilhas novas podem também chiar quando se acaba a primeira camada de revestimento que levam, de maneira que o problema pode durar muitos quilômetros. Nesse sentido, o que foi batizado por seus arquitetos de “Freio de Coulomb” pode ser um desses avanços que sem ser nada de outro mundo dão uma tranquilidade a mais aos condutores que os possuírem em seus carros. Ainda que para isso tenham que passar pelo menos por mais dois ou três anos de espera. Por Renato Passos
Via The New York Times