SAAB pede concordata

Saab

SAAB pede concordata

Saab-9-4X_2012_1280x960_wallpaper_05
Após meses em crise, a SWAN (Swedish Automobile N.V.) pediu concordata de todas as suas empresas ligadas ao setor automotivo (Saab Automobile AB, Saab Automobile Tools AB e Saab Powertrain AB). O grupo de investimento chinês Youngman declarou que não daria mais dinheiro a Saab, com isso a SWAN acredita que pedir concordata é o melhor para os credores e funcionários. Saab-9-5_Sedan_2010_1280x960_wallpaper_1a
O pedido de concordata foi enviado esta manhã ao Tribunal do distrito de Vänersborg, Suécia, ao qual cabe aceitar, ou não. Vale ressaltar, não inclui a Saab Aircraft, fabricante de aviões de guerra equipamentos militares. Fundada em 1937, Saab viu-se obrigada a parar a produção em Abril devido à não entrega de peças pelos fornecedores, algo motivado pelas dívidas. A empresa emprega 3.700 pessoas, que não recebem salários desde Novembro. A saída seria sua venda a chineses, o que a General Motors (antiga prorpietária da empresa) não permitiu, por não querer trasnferir sua tecnologia. Fonte | Inside Saab