Bajaj revela o RE 60, que apesar de parecer, não é um carro

Bajaj / Salão de Nova Deli

Bajaj revela o RE 60, que apesar de parecer, não é um carro

Bajaj-RE-60 (1)
O Tata Nano não está mais sozinho, ou não. Este é o tão comentado Bajaj RE 60, revelado às vésperas do Salão de Nova Délhi. No entanto, de acordo com o CEO da Bajaj, Rajiv Bajaj, o RE 60 não é um carro, mas sim um veículo de quatro rodas. Uma declaração um tanto estranha que pode ser justificada pelas características deste veículo, que está mais para um vale-transporte com motor. Bajaj-RE-60 (4)
Pra começar, o motor de apenas 200 cc³ com injeção de combustível DTS-i produz 16 cavalos. Pouco, mas o RE 60 pesa apenas 400 kg. Sua velocidade máxima é limitada a 70 km/h e o consumo médio declarado, de apenas 35 km/l.
Bajaj-RE-60 (3)
O objetivo é modesto: substituir os riquixás, triciclos com cobertura com mecânica de motocicleta. Suas armas são o conforto e a proteção das condições meteorológicas. De quebra, ainda possui dois porta-malas, um traseiro com 40 litros e outro sob o banco traseiro, com 95 litros de capacidade; rodas de liga leve, um painel central bem simples, espaço para quatro passageiros e… para-choques. Preços não foram divulgados, mas fala-se em algo em torno de 1 lakh (100.000 rúpias), algo como 1.800 dólares ou 3.500 reais. Menos que um Tata Nano, que é um carro.
Bajaj-RE-60 (2)