Mercedes-Benz apresenta sketches do Citan, nova aposta do segmento de vans leves

Europa / Mercedes-Benz

Mercedes-Benz apresenta sketches do Citan, nova aposta do segmento de vans leves

Mercedes-Citan-11
A Mercedes-Benz firmou um acordo com o Grupo Renault-Nissan para criar uma espécie de joint-venture para a fabricação de motores nos EUA, mas com o propósito de juntar forças. Ontem (3), a marca divulgou sketches de um utilitário de pequeno porte desenvolvido em conjunto do grupo franco-nipônico, chamado de Citan. Do porte de um Kangoo, faz parte da estratégia da Mercedes-Benz em atuar em segmentos mais baixos dos utilitários. Hoje, o menor deles é o Vito. Com o porte de um Kangoo – com quem deverá compartilhar a plataforma, o novo utilitário levaria pouco menos que a carga recomendada para o Vito (de 2,7 toneladas a 3,5t), cerca de 2,5 toneladas ou um pouco menos. De acordo com a marca alemã, o segmento de vans pequenas representa 700 mil unidades por ano na Europa, e a meta é alcançar entre quatro e cinco por cento disso, ou seja, entre 28 mil e 35 mil unidades por ano. Mercedes-Citan-12
A Mercedes-Benz é direta: quer utilizar-se da boa qualidade de seus produtos como principal atrativo. Os sketches são conhecidos por representarem fielmente a parte final dos veículos, embora algumas diferenças possam mudar bastante o aspecto do carro. O design exterior lembra muito o do Kangoo, mas as linhas frontais possuem fortemente o DNA alemão da Mercedes, lembrando até mesmo um Classe SLK (pelo menos pelos faróis e grade). O interior lembra e muito o do Kangoo – ele foi baseado no utilitário francês. Basta notar o botão de alerta ao lado do câmbio (elevado no centro do painel, como de praxe em utilitários europeus), idêntico ao do Kangoo. O resto do painel tem traços do Kangoo, mas passou por diversas mudanças, ganhando até mesmo as saídas de ar com quatro raios, característica dos modelos recentes da montadora, e uma remodelação da parte central do painel. O volante acompanhará as mudanças. O freio de mão também será diferente, se o modelo seguido for o do sketch. Mercedes-Citan
Ou seja, pela aparência dos sketches, o Citan será um Kangoo premium – mas não deverá cobrar muito mais que isso. Um Kangoo básico custa 11.900 euros na França, e o Citan deverá custar o mesmo ou um pouco mais para se tornar competitivo diante desse mercado que, segundo a própria marca, tanto cresce. A propósito, o Citan já está sendo divulgado na maioria dos sites europeus da Mercedes-Benz. Não se sabe muitos detalhes sobre as motorizações, mas a marca já adiantou que ele terá versões a Diesel e a gasolina, todas elas caracterizadas pelo baixo nível de emissões com o auxílio do sistema BlueEFFICIENCY. Uma versão elétrica também está nos planos da marca, a fim de competir com o recentemente lançado Kangoo Z.E. Só não se sabe, porém, se o sistema e baterias também serão compartilhados. Renault-Kangoo_2008_1600x1200_wallpaper_1a

Com informações do Carscoop