Mercedes-Benz CLS 350 já começou a ser vendida no Brasil

Brasil / Mercedes-Benz

Mercedes-Benz CLS 350 já começou a ser vendida no Brasil

Mercedes-Benz-CLS-Class_2012_1600x1200_wallpaper_05
A Mercedes-Benz já distribui unidades do CLS 350 pelo Brasil. O cupê de quatro portas chama atenção pela ousada curva do porta-malas em relação à linha da carroceria e pelo já conhecido estilo da Mercedes-Benz, além das lanternas, que lembram o conceito CLS Shooting Brake. A versão menos equipada parte de R$ 320.500, enquanto a top de linha, a CLS 63 AMG, custa a partir de R$ 550 mil. Mercedes-Benz-CLS-Class_2012_1600x1200_wallpaper_73
A versão mais barata conta com um motor 3.5 V6 (imagine a AMG…), que gera 306 cavalos. O resultado disso é um desempenho de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos. A velocidade máxima, no entanto, é limitada eletronicamente em 250 km/h, como de costume na maioria dos carros da Mercedes-Benz. Para reduzir o peso do veículo a Mercedes-Benz fez com que as portas, o porta-malas, o capô e os elementos da suspensão fossem feitos de alumínio. O resultado foi um modelo de 4,94 metros de comprimento pesando 1.735 quilos, um pouco menos que um Fiat Freemont. Mercedes-Benz-CLS63_AMG_2012_1600x1200_wallpaper_01
Já a CLS 63 AMG conta com um 5.3 V8 Biturbo, que gera 557 cavalos, levando o sedan de quase 5 metros de comprimento de 0 a 100 km/h em impressionantes 4,3 segundos, além de adereços estéticos diferenciados. Não ache que o consumo é tão brutal quanto seu motor: segundo a marca alemã, o consumo é de cerca de 10 km/l. A estratégia verde em veículos como este não é pioneira: a BMW já deixou a M5 menos voraz quando se trata de combustível. Ainda de acordo com a marca, a economia em relação à geração anterior foi de consideráveis 32%. Mercedes-Benz-CLS-Class_2012_1600x1200_wallpaper_95
Importado da Alemanha, o modelo conta até mesmo com a assinatura do responsável pela sua montagem final. O luxo vai até o sistema PRE-SAFE, que intervém na direção em situações de colisão iminente, apoios para a cabeça que protegem o pescoço dos passageiros em caso de colisão traseira, ar-condicionado com três zonas de regulagem, auxílio no estacionamento e um sistema de som Harman-Kardon, que conta inclusive com um HD interno com memória de 6GB e uma tela de sete polegadas com a opção de reproduzir DVDs. Not bad, Mercedes!

Com informações da Quatro Rodas, Vrum, Jornal da Tarde