Range Rover divulga fotos do Evoque conversível em sua versão conceitual

Conceitos / Land Rover / Salão de Genebra

Range Rover divulga fotos do Evoque conversível em sua versão conceitual

LandRover-RangeRoverEvoque-24212121022367601600x1060
A revista britânica Autocar divulgou fotos oficiais do conceito da Evoque conversível. A Land Rover pretende apostar neste tipo de nicho um tanto recente no mercado – o Murano conversível, da Nissan, foi o precursor. Apesar disso, será considerado pela montadora “o primeiro SUV premium conversível do mundo”, já que Evoque e Murano competem em segmentos diferentes dentro da categoria dos SUVs.  Sua clínica de mercado será o Salão de Genebra, onde o conceito será exposto. O salão abre as portas no dia 8 de março, mas as imagens adiantam o trabalho da divisão de luxo da LR (apesar de Jeremy Clarkson ter criado sua própria projeção em um papel há duas semanas). De acordo com a marca britânica, a produção do Evoque conversível poderá ser confirmada (ou não) dentro de quatro a seis semanas após o Salão de Genebra. LandRover-RangeRoverEvoque-24212121022374011600x1060
Lá, eles terão a avaliação dos consumidores em potencial da nova versão – os europeus. Uma vez aprovado lá, o Evoque conversível conseguiria, muito provavelmente, a aprovação na maioria dos mercados mundiais. Apesar disso, mesmo que seja sua produção seja confirmada, o modelo demoraria cerca de dois anos para começar a ser produzido. Isso deve-se às diversas modificações que seriam feitas pela engenharia da marca, como reforços de até 75 kg na estrutura. Isso demanda algum tempo de trabalho. No entanto, é certo que ele será fabricado em Halewood, Liverpool, na Inglaterra. É possível também que a alta demanda da fábrica explique esse prolongamento, haja vista que todos os 50.000 pedidos iniciais do Evoque foram atendidos e há outros 60.000 pedidos em espera. LandRover-RangeRoverEvoque-2421212115143891600x1060
As motorizações teriam opções a gasolina e a Diesel, assim como trações 4×2 e 4×4. Os equipamentos seriam os mesmos das versões Coupé e 4 portas. O sistema Terrain Response, que adapta a tração do Evoque a diversos tipos de situações e solos, o Park Assist (sim, aquele sistema que faz o carro estacionar sozinho), câmera de ré, sistema multimídia com tela touchscreen de oito polegadas (provavelmente com o sistema em que a mesma tela exibe imagens diferentes para o motorista e passageiro  ao mesmo tempo), e entre outros equipamentos certamente estarão presentes na versão final. A capota será elétrica, com um sistema de proteção em caso de capotamento. O design ficou realmente fantástico e, se de fato houver uma capota retrátil, será digno de ganhar uma assinatura do time da Range Rover no canto inferior direito do para-choque. É a primeira investida da marca em uma categoria tão inovadora, apesar do DC100, conceito que antecipa o substituto do Defender, ter uma versão conversível que também depende da aceitação do público. A explicação para essa tática é que a Land Rover considera o Evoque um carro de nicho, ou seja, ele é um carro que está pronto para propostas inovadoras, coisa que não acontece com um já tradicional Freelander ou Discovery. LandRover-RangeRoverEvoque-2421212102238421600x1060
O resultado não poderia ser melhor. Por que não combinar SUVs, um símbolo de liberdade off-road, com uma sensação de liberdade que os conversíveis oferecem? Esteticamente, ficou uma obra de arte. Torcemos para que a versão seja aprovada e, é claro, que venha para o Brasil. Os preços devem custar entre 10% e 15% a mais em relação à versão cupê, que custa a partie de 30.795 libras esterlinas (R$83.605), ou seja, passaria a custar cerca de R$ 91.970 e R$ 96.149. Por aqui, espere preços acima de R$ 200 mil.

Com informações da Autocar