VW Amarok recebe transmissão automática e motor mais potente

Lançamentos / Volkswagen

VW Amarok recebe transmissão automática e motor mais potente

03_VOLKS_Amarok_Autom_35_29-03 (1) 
A Volkswagen efetuou melhorias em sua picape média, com relação ao motor e a transmissão. O bloco 2.0 biturbo a diesel que equipa a versão Highline ganhou 17 cavalos de 2 kgfm de torque, totalizando agora 180 cv e 42,8 kgfm. A transmissão agora é automática de oito velocidades, algo bastante interessante, já que até aqui a picape só possuía transmissão manual. Estas modificações devem dar fôlego ao modelo da Volkswagen na briga por espaço no segmento de picapes médias. Desde o começo de 2012 até a primeira quinzena de março o modelo vendeu 2.966 unidades, contra 6.226 da Hilux, atual líder do segmento. Até o fim do ano a VW espera vender 20 mil unidades, 60% destas sendo a versão Highline automática, mesmo com preço de R$ 135.990.
09_VOLKS_Amarok-Automatica_interior_29-03
 
O motor de 180 cv está disponível apenas para a versão Highline, tanto na opção automática quanto na manual. Agora a picape tem nove versões, com opção de cabine simples ou dupla, 4×2 ou 4×4 e motores 2.0 diesel com um turbo e 122 cv ou dois turbos e 180 cv. A transmissão da ZF é feita para que a primeira marcha funcione como uma espécie de reduzida e a oitava como overdrive, mantendo a picape a 120 km/h a 2.000 rpm.
08_VOLKS_Amarok_Autom_49_29-03
 
O preço da versão Highline resulta em uma recheada lista de equipamentos, deixando apenas três opcionais, GPS (R$ 2.500), rodas de 19 polegadas (R$ 1.900) e ESP (R$ 1.500). Entre os sistemas destacáveis no modelo está o ABS especial para off-road, controle eletrônico de descida HDC, sistema de tração integral permanente 4Motion com distribuição 40/60, sendo possível enviar até 80% para o eixo traseiro e incremento via bloqueio do diferencial traseiro, acionado por uma tecla com o mesmo ícone de acoplamento e desacoplamento da tração 4×4 em modelos de outras marcas.