Agrale levará Marruá elétrico para a Rio +20

Agrale / Sustentabilidade

Agrale levará Marruá elétrico para a Rio +20

13395027346109
A Agrale, montadora brasileira com fábrica situada na cidade gaúcha de Caxias do Sul, anunciou um protótipo elétrico do jipe Marruá. O conceito será exposto durante a Rio +20, conferência internacional da ONU que será realizada a partir de hoje (13) até o dia 22. Outra montadora aproveitará o evento para divulgar suas tecnologias tecnológicas: a BMW. No caso da Agrale, trata-se de um modelo sem previsão de lançamento, mas que combina conceitos inusitados. Isso porque jipes não costumam aliar a imagem verde ao desempenho off-road, mas a Agrale garante que ele segue as características – elogiadas, por sinal – dos outros modelos comuns da marca. Produzido em conjunto com a Itaipu Binacional e a fornecedora de componentes Stola do Brasil, o Marruá elétrico é movido por um motor elétrico de 54 cavalos e de torque máximo de 13,3 kgfm, que por sua vez é alimentado por duas baterias de sódio. Segundo Pedro Soares, diretor técnico da Agrale, esse tipo de tecnologia é positivo pois adapta melhor o modelo ao clima tropical, além de aproveitar a abundância do sódio na natureza e o fato de ser três vezes mais leves que as convencionais de chumbo-ácido. A montadora gaúcha não confirma sua produção, mas disse que seu uso poderia ser focado em áreas de preservação ambiental, já que ele não poluiria nem o ar nem o ambiente sonoro dos animais. Esperamos que seja produzido.