Manuais dos veículos da Hyundai passarão por correções

Brasil / Hyundai

Manuais dos veículos da Hyundai passarão por correções

Após encontrar erros primários nos manuais do propietário em Português, fabricante fará revisão autowp.ru_hyundai_veloster_17[3]
Ao chegar ao Brasil, os veículos da coreana Hyundai são levados até Anápolis (GO), 59 km de Goiânia, para passar por uma espécie de fase de adaptação ao mercado brasileiro. Nela, o sistema multimídia recebe a linguagem portuguesa e são acrescentados triângulo de sinalização, extintores de incêndio e manuais no português brasileiro. Manuais que, por sinal, conta com erros de tradução absurdos. Os erros foram detectados pela PROTESTE Associação de Consumidores e se espalham pelo manual de usuário inteiro. Termos inutilizados na língua brasileira e frases sem nenhum sentido preenchem instruções que impedem ao leitor obter informações importantes sobre o funcionamento do veículo. Veloster [2]
Os erros são vários. E grotescos. Na página 25, do 5º capítulo; por exemplo, do manual do Veloster, o que deveria ser uma instrução, parece mais um conselho para evitar um eventual desapontamento com algum passageiro: “evitar um movimento imprevisto passível de MAGOAR pessoas sentadas ou perto dele”. Os erros não param por aí, e continuam como a tradução falha deste trecho encontrado na   na página 101, capítulo 4: “Sistemas de ar-condicionado Hyundai contém todos refrigerante R-134ª amigo do ambiente e não prejudicial para a camada de ozono.” O manual, que deveria ser em português, força um sotaque espanhol. A mistura mais parece um portunhol. E daqueles bem forçados. São encontrados termos não utilizados em nossa língua como "canhão de ignição", "condições climáticas agrestes", "botão de desempañador el parabrisas" e "borne de bateria". A marca promete uma correção e, para os que tem o manual com os erros, serão disponibilizadas na internet em breve. Fonte | Auto Esporte