Nissan e Petrobras firmam parceria para expandir rede de recarga de elétricos

Nissan / Sustentabilidade

Nissan e Petrobras firmam parceria para expandir rede de recarga de elétricos

1 Petrobras Distribuidora e Nissan assinam memorando de entendimentos sobre recarga de veículos elétricos (1) - Cópia
Com  objetivo de estudar a expansão da infraestrutura necessária para a recarga de veículos elétricos no Brasil, a Nissan do Brasil e a Petrobras Distribuidora assinaram nesta terça-feira (19) um memorando de entendimentos, cujos frutos devem ser vistos a médio e longo prazo. Essa parceria envolve desde a infraestrutura e produtos até os serviços necessários para que a Rede de Postos Petrobras possa atender a demanda dos veículos puramente elétricos e híbridos plug-in. nissan-leaf_posto-do-futuroNo evento de formalização do acordo, realizado na sede da Petrobras Distribuidora, no Rio de Janeiro, com a presença do presidente da Petrobras Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, e do diretor-geral da Nissan, François Dossa, falou-se um pouco sobre o futuro do carro elétrico no Brasil. Para Dossa, o consumidor logo irá cobrar por veículos com emissão zero de poluentes, auxiliando as fabricantes na negociação com o governo federal em busca de incentivos para estes veículos. As duas empresas já eram parceiras desde o ano passado, quando a Petrobras recarregou uma unidade do LEAF no no Posto do Futuro Petrobras, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O LEAF é a grande aposta na Nissan neste sentido. Lançado em 2010 como o primeiro veículo 100% elétrico produzido em larga escala, tem autonomia para 160 quilômetros, menos da metade do que um carro com motor térmico é capaz de rodar, daí a importância de uma ampla rede de recarga. Utilizando um carregador de 400 volts, 80% da carga é alcançada em apenas 30 minutos. Questionado a respeito dos modelos que serão fabricados na planta que a Nissan construirá em Resende (RJ), François Dossa confirmou apenas o compacto March, descartando em um primeiro momento a produção de outros modelos na fábrica – os cogitados Versa e Juke, com os quais o March compartilha a sua plataforma. O executivo apontou que a terraplanagem do terreno já está sendo feita e que a planta entrará em operação em fevereiro de 2014. Fotos | Henrique Rodriguez, Divulgação