Nissan lança o programa “Time Nissan” para incentivar jovens atletas

Brasil / Nissan

Nissan lança o programa “Time Nissan” para incentivar jovens atletas

Nissan - Atletas no Rio - 02/07/2012
Patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 a Nissan lançou hoje em parceria com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) o “Time Nissan”, programa que tem como principal objetivo incentivar jovens promessas do esporte visando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Ainda está previsto a criação de programas de legado e de marketing inclusivo para disseminar os esportes olímpicos pelo país. IMG_7386Serão selecionados 30 jovens atletas de alto rendimento, sendo 24 olímpicos e seis paralímpicos, que estejam em estágio técnico avançado. Eles deverão inscrever-se no hotsite TimeNissan.com.br. A escolha será feita por meio de critérios estabelecidos pelo COB, pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), pelo Ministério do Esporte e pela Nissan, que, no entanto, ainda não foram divulgados.  Hortência Marcari, ex-jogadora de basquete, e o nadador paralímpico Clodoaldo Silva serão mentores do programa, e darão suporte aos atletas, e acompanharão sua preparação. até o início das competições, em 2016. Ainda haverá palestras, workshops e outras atividades voltadas à promoção do aprendizado e amadurecimento dos atletas. A Nissan disponibilizará um veículo para cada integrante do Time. Serão alguns dos 4.500 que a empresa irá fornecer ao evento esportivo, e espera que continuem no Rio de Janeiro após os jogos com órgãos do governo. “Temos um compromisso com o Brasil que vai além dos patrocínios firmados com Rio 2016, que prevê o fornecimento de 4.500 veículos com foco na energia limpa (etanol e eletricidade) para os Jogos. Com o ‘Time Nissan’, queremos colaborar positivamente para o desenvolvimento técnico e social dos atletas que vão representar nosso País, e que serão aqueles para quem vamos torcer em quatro anos”, explica Carlos Murilo Moreno, diretor de Marketing da Nissan do Brasil. No evento, Moreno também comemorou os últimos números de vendas da Nissan. A empresa, que teve alta de 163% nas vendas de junho sobre o mesmo mês de 2011, já detém 3,9% do mercado. Em mercados como o Rio de Janeiro e São Paulo a marca já alcança números entre 6 e 7%. O objetivo é chegar aos 5% do mercado nacional até 2014, mesmo ano em que será iniciada a produção do March na fábrica que a Nissan já começou a construir em Resende (RJ). O sedã versa também deverá ser fabricado lá. Fotos | Nissan, Henrique Rodriguez