Este é o painel do Chevrolet Onix 2013

Brasil / Chevrolet / Segredos

Este é o painel do Chevrolet Onix 2013

13868531d
Com lançamento previsto para o início de outubro, o Chevrolet Onix roda em testes pelo Brasil já faz algum tempo, mas carecia de boas imagens do interior, até agora. Um leitor do jornal gaúcho Zero Hora flagrou o novo compacto da Chevrolet em uma garagem na cidade de Porto Alegre (RS) e conseguiu fazer uma foto do interior com boa iluminação e de um ângulo que permite ver as formas do painel, ainda que a resolução não seja das melhores. O modelo será fabricado ali perto, em Gravataí, mas a placa era de São Caetano do Sul (SP). 13868356
Se o design do exterior promete ser bem diferente dos últimos Chevrolet, o interior não. E isso é bom! Apesar de tudo, Agile, Cobalt e Spin têm interior bonito e acabamento até agradável (com exceção ao Agile). O Onix se aproveita disso com painel de formas muito semelhantes com as adotadas no Spin. As saídas de ar centrais tem formas semelhantes, e ao lado do espaço do rádio (2din por sinal) há dois dois porta-objetos. O comando do ar-condicionado parece ser compartilhado com Cobalt e Spin. Me parece que há dois porta-luvas, um que abre para cima e outro para baixo, algo a ser conferido posteriormente. No outro lado, o volante não parece ser o mesmo compartilhado por Cruze, Cobalt, Spin e Sonic, mas o quadro de instrumentos, inspirado em motocicletas, é o mesmo visto nestes três últimos. O brilho do painel da porta do motorista mostra que as peças ainda não possuem textura, afinal, é uma unidade pré-série. Apesar de usar calotas, o painel é bicolor, e os assentos também possuem parte em cinza claro. O Chevrolet Onix será comercializado nas versões LS, LT e LTZ, assim como o Novo Prisma, que será lançado no início de 2013. Os novos modelos serão posicionados no mercado na lacuna deixada pelo Corsa, entre Celta/Classic e Agile/Cobalt. Eles serão equipados com os motores 1.0 e 1.4, sendo que esse último será diferente do atual Econo.Flex, será uma versão aperfeiçoada, mais potente. Agradecimentos ao leitor Felipe Bouvie pela dica. Imagens | Félix Zucco/Zero Hora