Serie 3 e modelo inédito da BMW poderiam ser produzidos em nova fábrica no México

BMW / Fábricas / Segredos

Serie 3 e modelo inédito da BMW poderiam ser produzidos em nova fábrica no México

BMW-3-Series_2012_1600x1200_wallpaper_01
A BMW pretende abrir uma fábrica no México. A informação é do portal Automotive News, que aposta no estado de Querétaro, na região central do país. Entretanto, a localidade ainda está dividida entre outros três locais. A região será escolhida até 2013, quando a fábrica deverá ser anunciada oficialmente. Procurado pelos incentivos fiscais, o México é uma boa opção para importação para os EUA e Canadá, países que forma, juntamente com ele, o bloco econômico Nafta. Entretando, quando o assunto é a América do Sul, a história pode ser mais complicada. Desde 2002, vigora um acordo bi-lateral entre México e Mercosul, onde o primeiro atua como um mercado observador do bloco sulamericano. Entretanto, recentemente, o Brasil entrou em uma batalha para refazer o acordo, usando como justificativa seu prejuízo em relação aos lucros bilionários do México, onde a mão de obra, os terrenos e os impostos são infinitamente mais baratos. O acordo também não está agradando a Argentina e praticamente se encontra suspenso, pois o México não está desposto a renegociá-lo com o país dos hermanos. BMW-3-Series_2012_1600x1200_wallpaper_5b
No caso do Brasil, o número de carros importados foi limitado, o que afetará os números de vendas. Se a BMW e seu segmento de luxo seriam afetadas, considerando o número de vendas baixo em relação a Nissan, por exemplo, é outra história. O fato cai por terra ao avaliar a notícia, considerando que a BMW focará a produção mexicana para o mercado norte e sul-americano e para a Ásia, fugindo da crise do Euro. Até o ano passado, a BMW cogitava produzir no Brasil, mas o aumento do IPI mudou a estratégia da marca. Nada foi cancelado oficialmente, mas a marca alemã não quer enfrentar os fortes impostos brasileiros e essa fábrica mexicana parece ser uma resposta à tentativa de estabelecer um complexo fabril por aqui. Com a produção anual de 100.000 a 150.000, a fábrica produziria principalmente o Serie 3 e um novo modelo de tração dianteira, a ser lançado daqui a alguns anos. O mais cotado para cá era o Serie 1, entretanto, já é um forte indício que, infelizmente, a BMW não terá produtos nacionais por aqui. Porém, o investimento mexicano pode ser uma resposta à rival Audi, que anunciou uma fábrica no mesmo país há algum tempo. É esperar para crer. Que não seja mais uma marca a focar no México do que no Brasil (se ao menos os impostos colaborassem…).

Com informações do Automotive News, via Quatro Rodas