Toyota vence nas 6 horas de São Paulo

Automobilismo / Eventos

Toyota vence nas 6 horas de São Paulo

DSC_0225
Promovida por Emerson Fittipaldi, as 6 Horas de São Paulo movimentou Interlagos de quinta à sábado. Corrida que tentou levar o clima das 24 Horas de Le Mans à São Paulo, é válida pelo Mundial de Endurance da FIA (WEC) e deu Toyota. Foi a primeira vitória dos japoneses, desde o seu retorno às corridas de Endurance esse ano, após 13 anos fora. Estivemos lá para conferir o evento. DSC_0065
A Toyota liderou a prova quase que de ponta à ponta, cedendo a primeira posição apenas durante os pit-stops. Mas seu carro, um protótipo Toyota TS-030 com tecnologia híbrida, e desenvolvido para as pistas a menos de um ano. Era rápido e com os pilotos Alexander Wurz e Nicolas Lapierre, deixou os Audi,  atuais campeões das 24 Horas de Le Mans, pra trás.
DSC_0131
Os carros da fabricante alemã eram o R18 E-Tron (híbrido) e o R18 Ultra (diesel). O R18 E-tron Quattro híbrido teve ao volante os campeões de Le Mans André Lotterer, Benoît Tréluyer e Marcel Fassler e o R18 Ultra foi comandado por Tom Kristensen, Alan McNish e Lucas Di Grassi. Chegaram em segundo e terceiro lugares respectivamente. Di Grassi que pilotou o modelo convencional fez uma corrida correta, sem erros e levou o carro prateado a um seguro terceiro lugar. Nas posições seguintes vieram o carro da equipe Rebellion, da dupla Nicolas Prost e Neel Jani que levou o Lola B12/60 ao quarto lugar e o HPD-Honda da equipe inglesa Strakka, comandado pelo trio Nick Leventis, Danny Watts e Johnny Kane, quinto colocados.
DSC_0190
Na categoria LMP2 a vitória ficou com a equipe Starworks, com seu HPD-Honda pilotado por Stéphane Sarrazin, Vicente Potolicchio e Ryan Dalziel. Tinham na linha de chegada três voltas de vantagem para Nicolas Minassian, Luiz Pérez Companc e Pierre Kaffer, da equipe Pecom Racing Oreca.
DSC_0062
Na GTE Pro deu os italianos Giancarlo Fisichella e Gianmaria Bruni, que levaram a Ferrari 458 Italia da equipe AF Corse à vitória. Mas a disputa com o Aston Martin Vantage V8 da dupla Stefan Mücke e Darren Turner foi acirrada; na linha de chegada estavam apenas uma volta atrás.DSC_0236
Deu Brasil na GTE Am. Pela Larbre Competition e ao volante de um Chevrolet Corvette C6-ZR1, Fernando Rees venceu juntamente com seus companheiros Patrick Bornhauser e Julien Canal, superando o Porsche 911 RSR da equipe Felbermayr com 3 voltas de vantagem.

Resultado Final – Interlagos:

2012-09-15-027

LMP1:
1º. #7 Toyota TS030 Hybrid (Alexander Wurz/Nicolas Lapierre), 247 voltas
2º. #1 Audi R18 e-tron quattro (André Lotterer/Benoît Tréluyer/Marcel Fassler), a 1min00s778
3º. #2 Audi R18 ultra (Tom Kristensen/Allan McNish/Lucas di Grassi), a 1min14s679
4º. #12 Rebellion Lola B12/60 (Nicolas Prost/Neel Jani), a 5 voltas
5º. #21 Strakka HPD ARX (Nick Leventis/Danny Watts/Johnny Kane), a 7 voltas
6º. #13 Rebellion Lola B12/60 (Andrea Belicchi/Harold Primat), a 7 voltas
7º. #22 JRM HPD ARX (Karun Chandhok/Peter Dumbreck/David Brabham), a 17 voltas LMP2:
1º. #44 Starworks Motorsports HPD ARX (Vicente Potolicchio/Ryan Dalziel/Stéphane Sarrazin), 234 voltas
2º. #49 Pecom Racing Oreca 03 (Luiz Pérez Companc/Pierre Kaffer/Nicolas Minassian), a 3 voltas
3º. #24 OAK Racing Morgan (Jacques Nicolet/Matthieu Lahaye/Olivier Pla), a 4 voltas
4º. #41 Greaves Motorsport Zytek Z11SN Nissan (Christian Zugel/Ricardo Gonzalez/Elton Julian), a 5 voltas
5º. #25 ADR-Delta Oreca (John Martin/Tor Graves/Jan Charouz), a 6 voltas
6º. #32 Lotus Lola B12/80 (Kevin Weeda/James Rossiter/Vitantonio Liuzzi), a 6 voltas
7º. #26 Signatech Nissan Oreca 03 (Pierre Ragues/Nelson Panciatici/Roman Rusinov), a 7 voltas
8º. #31 Lotus Lola B12/80 (Thomas Holzer/Mirco Schultis/Luca Moro), a 8 voltas
9º. #29 Gulf Racing Middle East Lola B12/80 (Fabien Giroixi/Keiko Ihara/Jean-Denis Deletraz), a 40 voltas
10º. #35 OAK Racing Morgan (Bertrand Baguette/Dominik Kraihamer), a 70 voltas
11º. #23 Signatech Nissan Oreca 03 (Jordan Tresson/Franck Mailleux/Olivier Lombard), a 138 voltas2012-09-15-035
GTE Pro

1º. #51 AF Corse Ferrari 458 Italia (Giancarlo Fisichella/Gianmaria Bruni), 221 voltas
2º. #97 Aston Martin Vantage V8 (Stefan Mücke/Darren Turner), a 1 volta
3º. #77 Team Felbermayr-Proton Porsche 911 RSR (Richard Lietz/Marc Lieb), a 1 volta
4º. #71 AF Corse Ferrari 458 Italia (Andrea Bertolini/Olivier Beretta), a 2 voltas GTE Am
1º. #50 Larbre Competition Chevrolet Corvette C6-ZR1 (Patrick Bornhauser /Julien Canal/Fernando Rees), 216 voltas
2º. #88 Team Felbermayr-Proton Porsche 911 RSRJWA (Christian Ried /Gianluca Roda/Paolo Ruberti), a 3 voltas
3º. #70 Larbre Corvette C6-ZR1 (Christophe Bourret/Pascal Gibon/Jean-Philippe Belloc), a 5 voltas
4º. #61 AF Corse-Waltrip Ferrari 458 Italia (Francisco Longo/Xandy Negrão/Enrique Bernoldi), a 6 voltas
5º. #55 JWA-Avila Porsche 911 RSR (Joël Camathias/Markus Palttala/Paul Daniels), a 21 voltas
6º. #57 Krohn Ferrari 458 Italia (Tracy Krohn/Niclas Jonsson/Michele Rugolo ), abandonou

Mas não era apenas corrida…

DSC_0479

Difícil passar seis horas vendo carros correndo, dando quase 250 voltas em Interlagos. Por isso, havia outras atrações, assim como também se vê em Le Mans. Uma roda gigante, tradicional na prova francesa, foi instalada lá. Ainda havia espaço para crianças e exposição de carros – antigos e diversas Ferraris  -, além de stands de montadoras. Esta foi apenas a primeira corrida da categoria no Brasil. O contrato do WEC com Interlagos é de cinco anos, podendo ser estendido. Quem sabe as 6 Horas de São Paulo não se torna mais uma tradicional corrida de longa duração, como Sebring, Spa-Francorchamps e Silverstone?

Confira nossa galeria de fotos completa no Facebook

DSC_0415DSC_0418DSC_0435DSC_0540DSC_0546DSC_0590DSC_0600DSC_0608DSC_0644DSC_0678DSC_0691DSC_0704DSC_0708DSC_0709DSC_0713DSC_0735

Fotos | Rafael Susae