Salão de São Paulo – Chevrolet Onix

Chevrolet / Salão de São Paulo

Salão de São Paulo – Chevrolet Onix

IMG_3800
“Este é o nosso maior lançamento desde o Corsa, em 1993”. Com estas palavras, ditas por Jaime Ardilla, Presidente Geral da GM para a América do Sul, o público teve uma boa noção do quão importante o novo compacto da montadora norte-americana é para o Brasil. Antes mesmo do lançamento dele, no Salão do Automóvel, a Chevrolet realizou um evento fechado, onde apresentou o compacto aos jornalistas, mesmo antes do primeiro dia de exposições no Anhembi.
DSCF5011 
De fato, o trabalho da GM em deixar o design do Onix mais agradável deve ser bem-recebido pelo público. O compacto ficou com formas mais bem-divididas que o Agile, a quem ele deve colocar em xeque. Na ocasião foram apresentadas duas unidades, ambas LTZ, juntamente com um protótipo que a Chevrolet levou para o evento, que estava com as cores usadas pelo Cruze do WTCC, e que “cantou” o hino nacional com o motor. No entanto, não há planos da Chevrolet para colocar o compacto em alguma categoria de corrida – nacional ou internacional.
DSCF5004

Falando em motores, as unidades propulsoras do Onix são similares ás EconoFlex e VHC, conhecidas do público. Os motores 1.0 e 1.4 são da nova família SPE/4, sendo que o primeiro se destinará à versão mais básica – ou seja, a LS – e o mais potente equipará os LT e LTZ. A versão 1.0 tem 8 válvulas e desenvolve até 80 cv no álcool, já a 1.4 tem 16 válvulas e desenvolve até 106 cv, sempre com etanol. A transmissão, um dos destaques do modelo, pode ser a mesma automática de seis velocidades que é encontrada em Cruze, Spin, e Cobalt.
IMG_3116

Ainda falando em destaques, a central eletrônica MyLink será colocada em todas as versões do Onix, sendo opcional no LS e no LT, e de série no LTZ. O principal destaque do MyLink é a conectividade com várias plataformas, podendo parear até cinco celulares simultaneamente.
Na apresentação no Anhembi, a Chevrolet divulgou alguns kits de acabamento para o Onix, chamados de Joy, Racing, e 24 Horas. O primeiro visa realçar o desenho mais jovial do carro, ao passo de que os dois últimos tem acabamento mais esportivo, lembrando corridas. O Racing é inspirado no Corvette e o 24 é baseado nas 24 Horas de Le Mans.

IMG_3118

A versão básica LS, com motor 1.0, tem preço inicial de R$ 29.990 e traz, de série, direção hidráulica, airbags dianteiros, e sistema de freios com ABS e EBD. Já as versões LT e LTZ, ambas com motorização 1.4, partem de R$ 35.290 e R$ 41.990, na ordem.

IMG_3108IMG_3110IMG_3801IMG_3807

Fotos | Henrique Rodriguez, Pedro Ivo Faro