Volkswagen já trabalha em um substituto para o EOS

Segredos / Volkswagen

Volkswagen já trabalha em um substituto para o EOS

Novo conversível será maior e terá teto de lona

DB2010AU01451
Desde que foi reestilizado, quase dois anos atrás, o Volkswagen EOS não é importado para o Brasil. E talvez isso não aconteça nunca mais. Ouvido pela revista britânica Autocar, o diretor executivo de design da Volkswagen, Klaus Bischoff, confirmou o fim da linha para o conversível Eos. Segundo Bischoff, um conversível maior e com teto de lona substituirá o modelo. DB2010AU01455
Este novo modelo faz parte de cerca de 100 estudos de desenvolvimento da equipe de design, e ainda não tem data para ser lançado. O executivo aponta que há espaço para um conversível maior dentro da linha da marca, o que viabiliza sua produção.
autowp.ru_volkswagen_eos_us-spec_30
O Volkswagen EOS chegou ao Brasil em fevereiro de 2009, junto com o Passat CC. Custava salgados R$ 159.900, o que fez com que suas vendas fossem limitadas a algumas dezenas de unidades anuais. Feito com componentes da quinta geração do Golf em Palmela (Portugal), seu motor era um 2.0 turbo de 200 cavalos, potência suficiente para levá-lo aos 100 km/h em 7,8 segundos e atingir 228 km/h.
autowp.ru_volkswagen_eos_us-spec_36