Volkswagen admite problemas na identidade visual atual e promete mudanças

Volkswagen

Volkswagen admite problemas na identidade visual atual e promete mudanças

Cada categoria terá sua identidade visual própria, seguindo sempre o mais caro

  Volkswagen-Gol_2-door_2013_1600x1200_wallpaper_02
A atual identidade visual da Volkswagen, que estreou em 2008 com o Scirocco, foi muito elogiada a princípio, pelas linhas elegantes e, ao mesmo tempo, esportivas. Entretanto, a adesão de toda a sua linha acabou por tornar o visual repetitivo entre os demais modelos da marca. Jetta e Fox, por exemplo, ficaram muito parecidos entre si, sendo que o mais barato veio primeiro. A Volkswagen percebeu que isso estava desgastando o visual de seus modelos e anunciou mudanças nos futuros modelos da marca. Segundo Klaus Bischoff, chefe de design da VW, a montadora alemã adotará daqui para frente um sistema diferente de identidade visual. Neste projeto, cada segmento terá um estilo visual diferente. Desta forma, os sedans seguirão uma linha visual, enquanto os SUVs seguirão outra, os hatches outra, e assim por diante. Volkswagen-Golf_2013_1600x1200_wallpaper_03
A decisão, certamente, não foi tomada da noite pro dia, e conceitos como o Taigun e modelos como o Golf VII já demonstram uma leve mudança no visual da marca, sem grandes alterações radicalistas. Hierarquicamente, o modelo mais caro sempre inspirará o atual, e o primeiro a inaugurar essa linha será o novo Phaeton. A Audi revelou recentemente que pretende fazer a mesma estratégia com as linhas A, Q e R. A1, A3 e A4, por exemplo, seguirão um estilo própriom enquanto o Q3, Q5 e Q7 seguirão outro, e assim por diante. O caso da Audi é mais gritante, já que a dianteira dos modelos são muito parecidas entre si. Apesar de na minha opinião a identidade visual da VW adotada até 2008 ter sido bem mais cansativa e monótona que atual, mudanças no visual são sempre bem-vindas. Volkswagen-Scirocco_R_2010_1600x1200_wallpaper_01

Com informações da Quatro Rodas, Carsale