Citroën C5 deixa de ser importado

Citroën / Fim de Carreira

Citroën C5 deixa de ser importado

Sedã perdeu o posto para a linha DS

autowp.ru_citroen_c5_38
Raro e de vendas modestas, o Citroën C5 teve suas importações para o Brasil suspensas. O sedã francês teve apenas 206 unidades vendidas em todo o ano de 2012, tanto o sedã como a perua (Break). Caberá à linha DS, principalmente ao DS5, a função de cobrir a ausência do modelo. autowp.ru_citroen_c5_break_57
A última geração do Citroën C5 chegou ao Brasil em 2009 e foi reestilizada em 2011. Por aqui contava apenas com motor 2.0 a gasolina de 143 cavalos e câmbio automático de quatro marchas, um conjunto um tanto antiquado para seu segmento, e o mesmo do C4 Pallas. Falando nele, após seis anos será finalmente substituído pelo C4 L no segundo semestre deste ano. Fonte | Autoesporte