Ford Courier terá últimas unidades fabricadas em fevereiro

Fim de Carreira / Ford

Ford Courier terá últimas unidades fabricadas em fevereiro

Encomendas da picape não são mais aceitas

courier_esq_0
Apesar de a Peugeot Hoggar ter escapado da morte, a Ford Courier não ficará muitos dias mais em produção. Segundo o Autos Segredos, a Ford já não aceita mais encomendas do modelo e deverá produzir as últimas unidades da picapeno começo de fevereiro, sendo estas apenas unidades já programadas. PORTA_FORD_COURIER_PORTA_FORD_COURIER_LADO_DIREITO
Sucessora da Pampa, que vendeu bastante entre 1982 e 1997, a Courier começou a ser fabricada no Brasil em 1997, usando como base o Fiesta. Curiosamente, as duas picapes sobreviveram anos após o fim dos carros que derivavam – no caso da Pampa, o Corcel II. A Courier estreou equipada com o fraco motor 1.3 Endura de 60cv e com o Zetec SE 1.4 16V de 88cv. Em 2000 ela sofreu a primeira reestilização. Perdeu aquela frente tristonha graças aos novos faróis, para-lamas, capô e para-choque dianteiro. O melhor mesmo foi a substituição dos motores 1.3 e 1.4 pelo 1.6 Zetec Rocam de 95cv e 14,3kgfm de torque. Depois de 2000 não houve mais alterações estéticas. Em 2006 veio a versão Van com uma capota de fibra, que a deixava no estilo da Fiorino. Em 2007 veio a última mudança, o motor 1.6 passou a ser flex, com 96cv na gasolina e 107cv no álcool. Há de se admitir que a Courier é uma baita picape. Certamente a melhor para o trabalho, o que não quer dizer que não é confortável. O Ka, que também usa a plataforma do velho Fiesta, também se prepara para sair de linha. Mas terá substituto, a Courier não. É triste ver a Ford sair de um segmento que já dominou.
FordCourier004