Lançamentos deste ano aparecem em relatório de eficiência do Inmetro

Ford / Lançamentos / Mercado / Segredos

Lançamentos deste ano aparecem em relatório de eficiência do Inmetro

Relatório entrega motor 1.5 16v e câmbio automático inéditos para o Ford Fiesta

autowp.ru_ford_fiesta_hatchback_us-spec_30
O relatório de consumo e eficiência energética de 2013, divulgado esta semana, está repleto de carros que ainda não foram lançados. A listagem, que envolve 327 modelos de 25 marcas ainda ajuda a revelar detalhes até então desconhecidos sobre as novidades deste ano. A Ford que o diga. autowp.ru_ford_fiesta_sedan_us-spec_17
Este início de ano será importante para o Ford New Fiesta. Ao passar a ter sua versão hatch produzida em São Bernardo do Campo, o modelo receberá novo visual, novos motores e ainda nova opção de câmbio. Um novo motor 1.5 16v estará disponível para as versões S e SE. Este motor já é usado pelo modelo na China, onde gera 103 cv e 14 kgfm de torque com gasolina. Aqui será flex e, com isso, um pouco mais potente a ponto de conseguir se equiparar ao velho 1.6 8v Zetec. Com este 1.5 o Fiesta cravou média de 8,7 km/l com álcool e 12,3 km/l com gasolina nos testes. A versão SE, assim como a topo de linha Titanium, estarão disponíveis também com novo 1.6 16v Sigma com comandos de válvulas variáveis (Ti-VCT) o que fará ele passar dos atuais 117 cv para cerca de 130 cv. Outra novidade é a opção de câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas DCT para as duas versões. Com este sistema o modelo crava consumo de 8,4 km/l com etanol e 12,6 km/l com gasolina, garantindo nota A. Com câmbio manual de cinco marchas a média sobe pra 8,9 km/l com etanol e 12,7 km/l com gasolina.
autowp.ru_ford_fusion_hybrid_11
A Ford ainda adianta nos testes o novo Fusion Hybrid, que com seu 2.0 Ecoboost ciclo Atkinson obteve 16,8 km/l de média e conseguiu nota A.
autowp.ru_kia_cerato_sedan_12
Da Kia a novidade é o Cerato Flex. Ele conseguiu nota A, com média de 12 km/l quando com câmbio manual de seis marchas e média de 10,4 quando com o automático de seis velocidades, abastecido com gasolina. Com álcool a média cai para 8 km/l com câmbio manual e 7,8 km/l com o automático.
autowp.ru_nissan_altima_60
Por parte da Nissan a novidade que deu o ar da graça foi o sedã médio-grande Altima. Ele será lançado no meio do ano nas versões SV, SL, SE e Unique, todos com um conjunto formado por um 2.5 16v e câmbio CVT. Nota A com consumo médio de 11,6 km/l. Entre os Toyota a novidade é o Prius, que já começou a chegar às lojas e obteve média de 15 km/l. Nota A. A Lexus, marca de luxo da Toyota, teve o CT200h testado. Híbrido como o Prius, obteve média de 14,9 km/l, e também é nota A.
autowp.ru_haima_2_6
Chineses são representados pelos Haima, que estreiam na listagem antes mesmo de estrearem no mercado. Compareceram com Haima2, Haima3 e Haima7. O primeiro consegue média de 10,1 km/l, recebendo nota E quando a média do segmento é C. A mesma classificação é dada ao Haima3, que conseguiu consumo médio de 9,7 km/l com câmbio manual ou câmbio CVT. O Haima 7 cravou 8 km/l, recebendo nota E enquanto a média do segmento é D. A Rely, marca de utilitários que pertence à Chery, teve uma picape sem nome testada. Nota E ao obter média de 8,1 km/l. Confira a listagem completa de modelos aqui