Oficial – Mercedes E 63 AMG, agora com tração integral

AMG / Lançamentos / Mercedes-Benz

Oficial – Mercedes E 63 AMG, agora com tração integral

Gama terá opção S-Model, ainda mais potente, com 585 cv

mercedes-e63-amg-2013-004

A Mercedes continua com a atualização da linha E, desta vez chegam os modelos preparados pela AMG, com novidades interessantes. Entre as novidades o destaque fica com o sistema de tração integral 4Matic, inédito nos E AMG. Serão três versões, E 63 AMG, E 63 AMG 4Matic e E 63 AMG 4Matic S-Model. Sua apresentação ao público acontecerá no Salão de Detroit.

mercedes-e63-amg-2013-017

O E 63 AMG é facilmente diferenciado do sedã tradicional. Para-choques, grade, difusor, rodas, suspensão rebaixada e outros detalhes no exterior desempenham com louvor a identificação deste esportivo em pele de sedã. Por dentro é basicamente um Classe E. Se você não quiser ouvir a sinfonia dos oito cilindros, terá a disposição um ótimo som Bang & Olufsen BeoSound de 1200 W.

mercedes-e63-amg-2013-009

A versão “de entrada” é a E 63 AMG, disponível apenas para a carroceria sedã e com tração traseira. Possui motor V8 5.5 de 557 cv de potência e torque de 73,4 kgfm, o que resulta em aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4,2 segundos. A velocidade máxima é limitada em 250 km/h.

mercedes-e63-amg-2013-002

Equipada com transmissão automática AMG SPEEDSHIFT MCT de sete velocidades e quatro modos de ajuste, incluindo a opção manual, esta versão obtém consumo médio de bons 10,2 km/l. A versão seguinte, E 63 4Matic, adiciona a tração integral, faz 0 a 100 km/h em 3,7 e tem consumo médio de 9,7 km/l.

mercedes-e63-amg-2013-013

Se ainda não está satisfeito, fique com a E 63 4Matic S-Model. Nesta versão o motor 5.5 passa a gerar 585 cv e torque de 81,58 kgfm. A aceleração 0 a 100 km/h cai em 0,1 s, chegando a 3,6 segundos, desempenho digno de superesportivo. O consumo é o mesmo da versão 4Matic. Detalhes como filetes cromados, logotipos e saídas de escape diferenciam a versão S-Model das demais. Para conter a potência, diferencial autoblocante traseiro e, opcionalmente, discos carbocerâmicos.