Um motor e um chassi

Ariel / KTM

Um motor e um chassi

“Direção hidráulica, freios ABS e ar condicionado são meros caprichos mundanos”

autowp.ru_ktm_x-bow_r_6
Existem alguns que gostam de carros. Existem outros que dizem que gostam. Pela básica definição: "automóvel é um veículo motorizado, de quatro rodas, geralmente destinado ao transporte de passageiros ou mercadorias." Só. A direção hidráulica, os freios ABS e o ar condicionado, portanto, são meros caprichos mundanos. autowp.ru_ktm_x-bow_gt4_7
Percorrendo esse pensamento e na busca da essência automotiva, conceitos foram extremados. Sob o foco de um holofote foi posta a velocidade. Embaixo do outro, simplicidade. Na mistura das luzes enxerga-se a criação austríaca X-Bow. O foguete produzido pela KTM é o responsável por marcar 3,9 segundos em 0-100 km/h. Esse feito por si só já seria bem animador. Contudo o surpreendente é quando exposto é que a explosão da máquina provém de um não tão incomum motor Audi 2.0 16v Turbo. O segredo está no peso: 790 kg é muito pouco. O resultado mostra-se no pescoço: 31,6 kgfm de toque.
Ariel Atom 3 2008
Outro exótico monstrinho da mesma linha é conhecido por Atom. Criado pela empresa britânica Ariel, esse conjunto quase que ”carroceria-piloto” atinge a velocidade de 100 km/h em torno de 2,7 segundos. É incrível. Mesmo. A esmagadora aceleração obviamente deve-se também a falta de peso: 480 kg. A motorização encarregada da diversão é japonesa: Honda 2.0 i-Vtec. A potência é baixa, por isso as máximas não são dignas de grandes notoriedades (para um superesportivo). Ficam pela casa dos 240 km/h. O coração trabalha a 245 cv; podendo alcançar fôlegos maiores de 300 e 500 cv em outras versões. As duas estruturas são grandes carros. Não há discordância pois é fato. Tem a ver com o início de tudo, de toda paixão. É relacionado sobre a escolha de quem apenas diz que gosta dos carros. Por Thiago Ramos autowp.ru_prochie_ariel_atom_12