A Arte da Locomoção

Land Rover

A Arte da Locomoção

"O que o Range Rover não executa?"

autowp.ru_range_rover_vogue_2
O Range Rover Vogue 2013 é uma obra de arte. Carros circulam por ruas, esculturas pelos museus. Por esta linha, o parisiense "Musée du Louvre", ao início da década de 70, designou de "exemplar trabalho de design industrial" o que antes era somente conhecido por Range Rover. range_rover_supercharged_us-spec_6
Assim como em exposição recheada de reconhecimento na França, a 5ª geração do automóvel foi apresentada aos cariocas em um evento interativo na última semana de fevereiro – o By invitation only’. Sensacional. São tantos comandos que nos obrigam a questionar sobre o que tanto luxo é capaz de fazer. Entretanto a resposta é dada imediatamente por ser intrínseca da pergunta: "O que o Range Rover não executa?" Seria a questão.
autowp.ru_range_rover_autobiography_36 Quando a realidade torna-se perceptível e palpável, constata-se a materialização de uma máquina de 4 rodas que possui um frigobar. Ela ostenta uma tela LCD central que, não somente permite a atuação do GPS, rádio e CD player. Mas suporta um sistema ‘dual-view’ – tecnologia responsável pela criação de duas imagens distintas sobrepostas. Existe o piloto automático e o sistema ‘ACC’ – inteligência automotiva que permite o cálculo da distância sobre o carro da frente visando a não colisão.
range_rover_supercharged_us-spec_16
Diante da imensa sofisticação, um torque de 63,5 kgfm e a potência gerada de 510 cv tornam-se simples figurantes nesse mágico cenário. O resumo do carro é sensorial. Abre-se a porta e logo a visão desperta-nos interesse. Quando então diante do painel, dos cintos apertados e do maravilhoso trabalho do motor em "V", o sorriso é inevitável. Até que escutamos das palpitações do coração e das pontadas de adrenalina um avassalador simples convite: "-Você está pronto?" Foi ele. É o carro pedindo para ser jogado em rios e terras por bem longe da cidade enquanto você se diverte a 16 graus do ar condicionado digital ouvindo os igualmente famosos ingleses ‘Beatles’ em seus 29 auto falantes. Existe quem goste de esculturas e telas. Há pessoas que pagam 500 mil reais em um ‘Banksy‘. Eu pago no Range Rover Vogue 2013. Por Thiago Ramos