PSA prevê reposicionamento de segmentos entre Peugeot e Citroën

Citroën / Peugeot / PSA

PSA prevê reposicionamento de segmentos entre Peugeot e Citroën

Peugeot e Citroën estão muito próximas no mercado, diz CEO da PSApsa
Com a Europa em crise, novos paradigmas surgem no mercado automotivo. O Grupo PSA, formado pela Peugeot e Citroën, ambas de nacionalidade francesa, irá adotar uma nova estratégia de posicionamento no mercado global. Outrora a marca premium do grupo, hoje a Citroën está equiparável com a Peugeot em matéria de segmentos e qualidade.  Agora, a PSA quer a Peugeot focando nos segmentos mais caros e a Citroën mesclando entre o mais barato e o premium.

Isso já pode ser notado pelo 208, por exemplo, que é bem superior em relação ao próprio 207 europeu, por exemplo. A ideia é que a Peugeot possa atender a consumidores mais conservadores, aqueles que costumam adquirir carros mais caros. A Citroën, então, usará o aspecto “caro” de seus modelos para conquistar segmentos mais baratos. Com isso, contará com a ajuda de seu irretocável design e de inovações comuns à marca nos modelos “C”, como C3, C4 e assim por diante. Já seus modelos mais carros corresponderão à linha DS, todos inspirados em determinados modelos da linha (o DS3 no C3, o DS4 no C4 e etc). O motivo dessa segregação, segundo Philipe Varan, é justamente essa aproximação entre as duas marcas. Será que o problema seria o DNA tão semelhante dos franceses? Kia e Hyundai são do mesmo grupo e atuam nos mesmos segmentos mas souberam trilhar caminhos diferentes. Além disso, a medida esbarra também com o recente acordo entre Peugeot e GM, que visam a produção de alguns modelos de baixo custo – inclusive para o Brasil. De todo modo, a Peugeot não abandonará os segmentos mais baratos. Pelo menos não nos mercados emergentes.

Com informações do World Car Fans