Shelby leva a Nova York um rival para o Bugatti Veyron

Salão de Nova Iorque / Shelby

Shelby leva a Nova York um rival para o Bugatti Veyron

Edição revisada do Shelby 1000 S/C agora desenvolve 1.200 cv Mustang-GT1000-3[3] No Salão de Nova York de 2012 a Shelby causou espanto ao revelar o modelo 1000, baseado no GT500. A versão de rua debitava 950 cv, e a dedicada para as pistas passava desse patamar, chegando a 1.100 cv transferidos para as rodas traseiras. Potência mais que suficiente para fazer a frente do bólido sair do chão em arrancadas mais fortes. Mas o time da preparadora do falecido Carrol Shelby provavelmente não achou isso suficiente.Para a edição 2013 do mesmo evento eles estão lançando um 1000 S/C ainda mais violento. Agora a potência esbarra nos 1.200 cv, o que o deixa no mesmo nível do todo-poderoso Bugatti Veyron SuperSport.   Mustang-GT1000-1[3] Para chegar a níveis estratosféricos de potência, a Shelby revisou todo o motor, que teve a cilindrada aumentada de 5,4 para 5,8 litros. Muitas partes foram mantidas, como os pistões reforçados e toda a parte de sobrealimentação e arrefecimento (para manter a temperatura do motor). Além do propulsor, a suspensão é ajustável e os freios também foram melhorados. Mustang-GT1000-2[3] Números de performance ainda não foram divulgados, mas talvez nem precise, uma vez que ele é desde já o muscle-car mais potente e veloz já visto, ainda que não tenha posto os pneus na pista para prova-lo. Segundo a Shelby, apenas 100 serão feitos, e o preço é de 154.995 dólares. Uma pechincha perto do que a Bugatti cobra pelo Veyron SuperSport.