Hyundai já vende Elantra 2.0 Flex e novo Santa Fé começa a ser entregue em maio

Brasil / Hyundai / Segredos

Hyundai já vende Elantra 2.0 Flex e novo Santa Fé começa a ser entregue em maio

Hyundai Sonata voltou a ser importado para o Brasil

Hyundai Elantra 2 (1)[6]
Jornais, revistas ou mesmo vendedores são sempre as melhores fontes de novidades a respeito dos importados da Hyundai. Antes de  qualquer anúncio oficial a Hyundai-CAOA  já veicula material publicitário da versão 2.0 Flex do sedã Elantra e concessionárias já aceitam encomendas para a nova geração do Santa Fé. Ambos foram atrações da Hyundai no Salão do Automóvel de São Paulo em dezembro passado. Hyundai Elantra 2 (3)[6]
O novo motor 2.0 Flex é o mesmo motor do ix35, com ganho de potência que pode ser atribuído a modificações na ECU. Curioso é que o material divulgado no Salão do Automóvel informava que com etanol este motor gera 174 cv a 6.200 rpm e torque de 21,1 kgfm a 4.700 rpm, quando abastecido com etanol e com gasolina os números caem para 165 cv e 19,99 kgfm a 4.700 rpm. No material publicitário o que informam é a potência de 178 cv. É sabido que a versão 1.8 a gasolina, apesar de ser anunciada com 160 cv, é declarada com 148 cv.  A transmissão continha sendo automática de seis velocidades. Fora isso o que muda é a adoção de freio a disco nas quatro rodas – sim, o 1.8 tem tambores no eixo traseiro. Nem mesmo o pacote de equipamentos – inclusa a central multimídia – muda. Os preços da versão de entrada variam entre R$ 96.900 e R$ 97.900, de acordo com a concessionária. Com teto-solar os preços variam de R$ 99.900 a R$ 103.000. Algumas revendas apontam que já possuem a nova versão em estoque, outras pedem prazo de até 30 dias para a versão.

Santa Fe

MY13 Hyundai Santa Fe
A antiga geração do Hyundai Santa Fe ainda pode ser encontrada nas concessionárias, custando entre R$ 104.900 e R$ 122.900 (e ainda há unidades 11/12), mas a nova geração do SUV já pode ser encomendada, com previsão de entrega para o início de maio. A variação de preço é gritante, como houve com o i30. Na versão de cinco lugares o novo Hyundai Santa Fe custa R$ 138 mil, enquanto a de sete lugares, com entre eixos mais longo (chamada LWB lá fora) custa R$ 155 mil. Encomendas podem ser feitas sob sinal de 10%.
R$ 97
Pelo menos o pacote de equipamentos é farto, com 9 airbags, faróis e lanternas em LEDs, freios ABS, central multimídia, sensores crepuscular, de chuva e de estacionamento, sistema Isofix, bancos dianteiros elétricos e ar condicionado dual-zone. A versão de sete lugares dispõe ainda de faróis de xênon direcionais, teto solar panorâmico, tampa do porta-malas com abertura elétrica, e ar condicionado de três zonas.
autowp.ru_hyundai_santa_fe_us-spec_89
Como a CAOA não importa – nem pretende importar – qualquer modelo com motor com injeção direta (GDI). Por isso o novo Santa Fe chega com um motor 3.3 V6 MPI que gera 270 cavalos, menos que os 285 cv do 3.5 V6 usado pelo modelo antigo. A versão GDI do motor 3.3, oferecida nos Estados Unidos por exemplo, gera 290 cavalos. A transmissão é automática de seis velocidades e a tração é integral.

Caso Sonata

wp_1288029408
Há alguns meses a CAOA deixou de importar o Hyundai Sonata, como forma de boicote ao modelo devido ao aumento do preço cobrado pela matriz da Hyundai, que segundo vendedores o faria custar cerca de R$ 115 mil, próximo ao Azera. Agora o sedã que antes custava cerca de R$ 100 mil é vendido por R$ 108 mil. Talvez boicotar os importados da marca seja uma forma de ela reduzir seus preços.