TATA Nano ganhará variante mais luxuosa

Tata

TATA Nano ganhará variante mais luxuosa

Modelo terá versão mais cara para atender às demandas indianas

Tata Nano
MH.14.TC.206/0
March 2009
Stan Papior
O TATA Nano foi produzido para ser o veículo mais barato do mundo. Focado na índia, nunca atingiu grandes números de vendas. Em um país emergente, a economia borbulha atraindo novos segmentos. Mas no caso do Nano, simples ao extremo, as vendas não impressionam pois seus compradores já são proprietários de carros e não proprietários de motos como planejava a marca. Neste panorama, a TATA pretende produzir um veículo baseado no Nano com mais requinte, na medida do possível, para aumentar suas vendas. Segundo o Autoblog En Español, este novo veículo deverá contar com direção hidráulica, câmbio automático e motor a diesel. O que parece normal pode ser considerado luxo em um modelo com forte parentesco com o Nano, um carro muitas vezes comparado a uma scooter em matéria de simplicidade. O Nano original já contava com outros “luxos” como opcional, como ar-condicionado e vidros elétricos. A proposta é renovar a imagem do Nano e trazer os consumidores tradicionais de automóveis para esta versão, uma vez que a proposta do Nano original, de US$ 1.800, era de atrair donos de motocicletas. Esta versão, portanto, atenderia às famílias que já possuíam carros e desejavam adquirir o veículo. Para tanto, o design também deverá ser alterado, mas mantendo sempre as referências ao carro mais barato do mundo . O preço, claro, será mais alto, apenas não se sabe o quanto. Com a adição de tais tecnologias, espera-se que fique acima dos US$ 4.000, ainda baixo dentro dos padrões mundiais – o carro mais barato dos EUA é o nosso Nissan Versa, que custa por lá US$ 11.990. O modelo deverá ser apresentado em breve, talvez em um Salão Internacional, mas não em casa. O próximo em Nova Délhi será somente no ano que vem.

Com informações do Autoblog en Español