Porsche revela o novo 911 Turbo (991)

Porsche / Salão de Frankfurt

Porsche revela o novo 911 Turbo (991)

560 cavalos e tempo de volta em Nürburgring abaixo de 7 minutos e 30 segundos são promessas do Turbo S

94167210151587007667668687906991n
Aqui está a tão aguardada nova geração dos Porsche 911 Turbo e Turbo S (os 991), as versões mais potentes do esportivo, que estão incríveis. A Porsche foi legal ao revelar as novas versões agora, mas o lançamento de fato só acontece em setembro, durante o Salão de Frankfurt. 919999101515870103676681490154952o
A lista de inovações é bem longa, prepare-se. Pra começar basta citar que o sistema de tração integral é novo, bem como o eixo traseiro ativo direcional (até 2,8°), o conjunto aerodinâmico adaptativo e ainda o chassi, que está mais leve e com entre eixos 100 mm maior. Esta é também a primeira vez que o sistema antirrolagem ativo do chassi (PDCC) está disponível para o 911 Turbo. Este sistema é de série para o 911 Turbo S, assim como o pacote Sport Chrono Plus, os apoios de motor dinâmicos e os freios de cerâmica. Todos estes sistemas estão disponíveis para o 911 Turbo como opcional.
467152101515870089126681114478211o
Quem move esta máquina é um motor 3.8 de seis cilindros contrapostos (boxer) sobrealimentado e com injeção direta que produz 520 cavalos na versão Turbo e 560 cv na Turbo S. O câmbio é o PDK de dupla embreagem e sete velocidades, que agora possibilita a função Auto Start-Stop, que pode desligar o motor até mesmo com o carro em movimento em velocidade de cruzeiro. Assim o 911 Turbo ficou até 16% mais eficiente, com consumo médio de 10 km/l. Isso é bom, principalmente por não ter impedido a versão de ser mais rápida que sua geração anterior. O 911 Turbo com o acote Sport Chrono Plus acelera de zero aos 100 km/h em 3,2 segundos, tempo 0,1 segundos melhor do que o anterior 911 Turbo S. O novo 911 Turbo S consegue o tradicional sprint até aos 100 km/h em apenas 3,1 segundos. A velocidade máxima é de 318 km/h.
71387-c-por1
Tudo isso resulta em um tempo de volta no circuito de Nurburgring abaixo dos 7m30s, no caso do Turbo S sem qualquer modificação. Para conciliar tudo, o 911 Turbo tem traseira 29 mm mais larga que a de um 911 Carrera 4. As rodas forjadas de 20 polegadas e em duas tonalidades – 911 Turbo S são de cubo rápido – estão calçadas com pneus mais largos e há ainda novos faróis totalmente em LEDs. O interior foi redesenhado em ambos os 911 Turbo, com base na geração 991. O modelo S conta, de série, com interior em couro com combinação de cores Preto/Vermelho Carrera e Bancos esportivos Plus com ajuste elétrico em 18 posições e pacote de memória. O sistema de som Bose é de série, e, pela primeira vez, o sistema de som Burmester está disponível como opcional. O regulador de velocidade com controlo de radar, reconhecimento dos sinais de trânsito através de uma câmera e o reconhecimento dos limites de velocidade são outros opcionais disponíveis.