Duster renovado será revelado no Salão de Frankfurt em setembro

Renault / Salão de Frankfurt / Segredos

Duster renovado será revelado no Salão de Frankfurt em setembro

SUV é o modelo mais vendido do Grupo Renault-Nissan neste ano

IMG_3326[3]
Conforme já previsto, a Renault irá re-estilizar o Duster em breve. O conceito D-Cross, exposto no Salão Internacional de São Paulo em outubro passado, foi um pitaco da Renault com o propósito de adiantar as novas linhas do SUV. A versão final será apresentada em setembro no Salão Internacional de Frankfurt, provavelmente sob o logotipo da Dacia. IMG_3324[3]
No exterior, o farol deverá ser mais contido, com recortes mais retos. Na lateral, as maçanetas deverão ser modificadas – largando o padrão do Sandero de 2009 – e a traseira deverá ganhar prolongamentos seguindo os vincos presentes na versão atual, seguindo o design do recém revelado Nissan Terrano, a versão nipônica do crossover francês.

O interior, por sua vez, receberá grande parte das mudanças e deverá receber um salto de qualidade, mas ainda assim um degrau abaixo de seus concorrentes (como o global EcoSport e o futuro Chevrolet Tracker) em razão de ser um veículo de baixo custo. Espera-se que a tela multimídia touchscreen, hoje opcional, possa se tornar padrão nas versões mais completas.

Seus propulsores – ao menos na Europa – deverão ser modificados para diminuir emissões de gases poluentes. Outra modificação será o aprimoramento do isolamento acústico, uma das principais críticas do Duster atual, lançado lá fora em 2010 e em 2011 por aqui. A versão final do Duster renovado deverá ser lançada na Europa até o fim deste ano. No Brasil, ela deverá aparecer até o fim do primeiro semestre de 2014, quando completará três anos de mercado no país, prazo este considerado o padrão para o ciclo de vida de um carro por aqui.