Chevrolet Tracker: vendas terão início entre agosto e setembro

Chevrolet / Segredos

Chevrolet Tracker: vendas terão início entre agosto e setembro

SUV compacto terá preços entre R$ 67mil e R$ 71 mil

chevrolet_trax_3
Atualizado] A Chevrolet fez na noite de hoje (14), durante o intervalo comercial do Fantástico (confira a seguir), seu primeiro pronunciamento oficial a respeito da comercialização do Chevrolet Tracker no Brasil. O SUV compacto, apresentado em setembro do ano passado no Salão de Paris com o nome Trax, teve sua importação para o Brasil negada pela fabricante sempre que foi questionada, até mesmo no Salão de Buenos Aires, há um mês, quando o modelo fora anunciado para a Argentina. Mas o discurso mudou, e o Tracker chega “nos próximos meses" – antes de setembro! chevrolet_trax_13
Um dos impecilhos apontados pela fabricante para a importação do Tracker ao Brasil seria a cota imposta para veículos fabricados no México. O Tracker é fabricado em San Luis Potosí, no México, e a Chevrolet já importa de lá o Captiva e o Sonic nas versões hatch e sedã. Mas é seu único produto em um segmento já antigo no Brasil, mas que agora está em alta e se tornou global.
chevrolet_trax_7 
Ao contrário do antigo Tracker, a nova geração não é uma versão do Suzuki Gran Vitara, mas sim um carro inédito baseado na plataforma GSV – mesma de Sonic, Spin, Cobalt, Onix, Prisma e Opel Corsa. Ele também é vendido com o nome Trax na Europa, e possui os gêmeos Buick Encore e Opel Mokka.
chevrolet_trax_19autowp.ru_chevrolet_trax_7
No Brasil, teoricamente o Tracker concorrerá apenas com carros nacionais – Duster, EcoSport e Peugeot 2008, a ser lançado em 2014. Suas dimensões ficam próximas dos demais: 4,24 metros de comprimento, 1,77 metro de largura, 2,55 metros de entre-eixos e porta-malas com capacidade de 358 litros. Mas o preço estimado por fontes ligadas à montadora é elevado, variando entre entre R$ 67mil e R$ 71 mil.
chevrolet_trax_21
O modelo deverá chegar nas versões LT e LTZ e o motor será o 1.8 16v Ecotec Flex de até 144 cv e poderá ser equipado com o câmbio automático de seis velocidades ou manual de cinco, sempre com tração dianteira. No mercado argentino a versão mais completa conta com rodas aro 18”, teto-solar, bancos em couro, seis airbags, freios ABS com EBD, controle de estabilidade e computador de bordo e tração integra. E ainda tem o sistema MyLink, que estreou por aqui a bordo do Onix e está se proliferando pela a linha. O treinamento da rede de concessionárias terá início no fim deste mês. A Chevrolet também aproveitou o comercial para antecipar o novo Camaro, já confirmado para chegar entre o final deste ano e o início de 2014. Fonte | Autos Segredos