Fiat, Toyota e Honda comemoram recordes de vendas no mercado brasileiro

Fiat / Honda / Mercado / Toyota

Fiat, Toyota e Honda comemoram recordes de vendas no mercado brasileiro

Fabricantes tiveram o melhor primeiro semestre da história

page
As fabricantes sempre encontram motivos para comemorar, seja por vendas um ponto percentual acima do normal em dado período, ou por um modelo ter se destacado num mês. Mas neste caso em particular, três fabricantes comemoram pelo mesmo motivo. Fiat, Toyota e Honda tiveram o melhor primeiro semestre de vendas desde que se estabeleceram no Brasil. palio_sporting_043
Líder de vendas e há 36 anos no Brasil, a Fiat comemora as 380.131 unidades emplacadas no semestre, o que representa 22,2% das vendas registradas no período. No acumulado de janeiro a junho, a Fiat cresceu 5,1% em relação a igual período do ano anterior, enquanto o mercado total avançou 4,7%. Entre os modelos na marca, os destaques foram o Fiat Palio, cujas vendas somaram 88.342 unidades, avançando 14,3% em relação ao primeiro semestre de 2012.toyota_etios_sedan_br-spec_2
Em seguida vem a Toyota, que está no Brasil desde 1958, e que contabilizou 81.322 unidades comercializadas no primeiro semestre. Parece pouco perto da Fiat, mas é um número 80% maior que o obtido no mesmo período do ano passado, quando 45.046 veículos foram emplacados. A culpa maior é do Etios, com 29.739 unidades vendidas, mas dividida com o Corolla, com 24.858, e as líderes de seus respectivos segmentos, Hilux e SW4, com 19.790 e 5.927, o que não é nada mal. Hoje a Toyota detém 4,5% de participação de mercado, contra 2,6% no mesmo período de 2012.
honda-fit-2014
Com ares de novata neste meio por só fabricar no país há 15 anos, a Honda, que iniciou suas operações no Brasil em 1971, não tem do que reclamar dos 65.127 carros vendidos no período, superando a marca histórica anterior, de 61.577 veículos em 2009. O resultado representa um crescimento de 13,2% em relação ao primeiro semestre do ano passado. No período o Fit registrou crescimento de 38,4% e o City, 42,5%. O Civic, com 26.192 unidades vendidas, teve um aumento de 20,5% nas vendas.