Nissan Tiida e Tiida Sedan se despedem do mercado brasileiro

Brasil / Fim de Carreira / Nissan / Segredos

Nissan Tiida e Tiida Sedan se despedem do mercado brasileiro

Modelo não fez alarde enquanto era vendido, nem quando deixou de ser

1204 PM4112011hatch_mov_5079[3]
Era um bom carro, com preço interessante e pacote de equipamentos interessante, apesar do design nada empolgante. O Nissan Tiida já não está entre nós. O modelo, lançado no Brasil em 2007 na versão hatch e em  2010 com a carroceria sedã, teve sua produção encerrada no México há alguns meses e já não figura mais no site brasileiro da Nissan. 1126 AM4112011hatch_tras 3-4_4940baprovada[4]
O Nissan Tiida nunca conseguiu mais do que o papel de coadjuvante entre os médios. Ele era derivado da mesma plataforma da terceira geração do Clio, e sempre contou com moderno motor 1.8 16V que nos últimos anos, já flex, gerava até 126 cavalos e garantia bom desempenho: 0 a 100km/h em 9,6 segundos e máxima de 195 km/h. O câmbio automático XTRONIC CVT  era opção ao manual de cinco marchas.
1103 AM7152010tiidasedan 7[4]
Já o Tiida Sedan chegava a ser mais barato que o hatch. Ele foi trazido mais por interesse por vendas diretas, mas chegou a conquistar o público mais racional que não se satisfez com o Versa e não podia optar pelo Sentra. Apenas em 2012 ganhou rodas de liga leve, sem sequer oferecer freios ABS.
Nissan Tiida 2010[3]

Substitutos? Ainda não.

O Nissan Tiida possui uma nova geração na Ásia – onde também pode ser encontrado como Nissan Pulsar – desde 2011, e o mesmo vem sendo melhorado adaptado ao gosto europeu com a promessa de ser novo concorrente do Golf a partir do ano que vem, quando será lançado no velho continente. Já nos Estados Unidos a situação é diferente. Se o Tiida Sedan já havia sido substituído pelo Versa em 2011, este ano o Tiida Hatch foi substituido pelo Versa Note, um monovolume que tem muito mais a ver com um Honda Fit do que com qualquer hatch médio. Será este o substituto do Tiida por aqui, mas só em 2015, quando passar a ser fabricado junto com Versa e March na nova fábrica da Nissan em Resende (RJ). A princípio, a Nissan não importará o Note do México antes disso. Via Autos Segredos